Arquivo da categoria ‘Ooops’

Após 2 anos, Record News ainda ronda traço de ibope
Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

Dois anos atrás estreava a Record News, braço em UHF da Record que substituiu a Rede Mulher. Sete milhões de reais em investimentos e, dois anos depois, o ibope do canal noticioso ainda está perto de zero: 0,22 ponto de ibope na Grande São Paulo, contra 0,33 que a rede Mulher alcançava em seus estertores.

Do ponto de vista estatístico, tais índices representam o chamado “traço de ibope”. São programações cujo público é virtualmente nulo.

Do ponto de vista numérico, é verdade que a Record News tem mais telespectadores do que a Globo News: 27 mil contra 16 mil telespectadores/minuto. A questão é que a primeira é uma emissora aberta, que pode ser captada por qualquer aparelho de TV, e a segunda só pode ser sintonizada por quem paga, ou tem parabólica.

Do ponto de vista comparativo, a MTV tem 0,23 ponto, a Record News vem a seguir com 0,22, e o Canal 21 (arrendado pela Igreja Mundial do Poder de Deus) tem 0,16.

No final de 2007, após um mês no ar, a Net fechou a Record News e passou a cobrar (R$ 3,90) para sua inclusão nos pacotes de assinantes. A TVA também cobra o mesmo, e a Sky não distribui o canal.

Outro lado
Sobre o assunto desta coluna, a Central Record de Comunicação divulgou a seguinte nota:

“A Record News, como primeira e única rede de televisão aberta a oferecer notícia e informação 24 horas por dia, atinge todos os objetivos desde que foi lançada. Conquista público que não precisa pagar para ficar informado e atingiu equilíbrio financeiro. Os investimentos vão continuar e a rede ainda espera que as distribuidoras de TV paga ofereçam a Record News para todos os assinantes, e não para menos de 12% de sua base de clientes.”

http://noticias.uol.com.br/ooops

Anúncios
SBT vai conversar com Hebe sobre renovação de contrato
Ooops – Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

O SBT chamará Hebe Camargo para conversar sobre a eventual renovação de contrato da apresentadora, que vence em dezembro. Devido a um mal entendido, a coluna Ooops! publicou nesta segunda-feira que o SBT iria renovar o contrato, mas o correto é que as partes vão discutir essa possibilidade. mais. “O SBT e Hebe têm uma parceria e uma história de mais de 20 anos”, diz a assessoria.

Embora seu ibope não seja mais o do 10 anos atrás, quando a apresentadora obtinha como norma dois dígitos de ibope, Hebe ainda é um produto valioso para imensos nichos do mercado publicitário e de produtos.

Sim, Hebe vende. Talvez não tanto como no passado, mas é bom lembrar que a TV aberta, como um todo, vem perdendo ibope ano após ano, para a TV paga, o DVD, o videogame e, principalmente, a internet.

Em um mês, Eliana e Gugu viram “tops” de ibope na casa nova.

Embora o ibope no horário seja menor do que a Gugu registrou nos últimos dez anos, em menos de um mês o programa “Eliana” já o mais visto do SBT, tanto em média quanto em share (participação). No mês, a média de audiência da apresentadora tem oscilado entre 11 e 13 pontos. Cada ponto vale por 55 mil domicílios sintonizados.

Não deixa de ser um feito. O novo programa do SBT é muitíssimo semelhante ao que ela apresentou na Record nos últimos quatro anos e, aparentemente, ela conseguiu fazer uma razoável “migração” de telespectadores da antiga casa.

Neste domingo, “Eliana” chegou a liderar o ibope da TV aberta por cerca de 30 minutos, deixando a Globo em segundo e a Record, com o “Tudo é Possível”, em terceiro. Na média final, no entanto, a Globo (com o “Domingão”) vence a apresentadora.

Programa do Gugu

Para a Record também há comemoração com a audiência obtida por Gugu Liberato nas últimas semanas. Contratado a peso de ouro, o apresentador conseguiu ampliar, na nova casa, o ibope que obtinha no sbt. Os quadros são os mesmos que fazia na antiga casa.

Além do ibope, Gugu tem atraído anunciantes para a emissora. Por exemplo, o Banco do Brasil, que virou anunciante do “break” do programa.

Cabe lembrar que, independentemente do investimento de Record e SBT, a Globo segue como líder inconteste não só do domingo, mas dos dias de semana também.

Quem é Legal

Fábio Assunção

Muitíssimo corajosa sua decisão de falar, em rede nacional, sobre como a droga transformou sua vida num inferno –do qual ele acaba de emergir, embora consciente de que não está curado. Quem ganha com a volta de Fábio Assunção é o telespectador. Um ator competente e com talento inquestionável.

E aqui vale também um “legal” para a Globo, que, como empresa, é um paradigma no atendimento e apoio a funcionários (sejam estrelas ou não) que se tornam vítimas das drogas, bem como suas famílias. Casos hoje vitoriosos, como os de Casagrande e Assunção, talvez tivessem outro desfecho em outra emissora ou empresa.

Quem Irrita

Anatel ou… Inutel?

Além de não fiscalizar absolutamente nada na operação de TV paga do país, as emissoras agora fazem uma espécie de “cartel do merchandising”: blocos de programas de vendas exibidos no mesmo horário em várias emissoras. Quer ver ciência no Discovery na terça de manhã? Ok, mas só depois de passar uma hora vendo uma baixinha “mala” que ensina a montar e desmontar uma escada.

Quer ver um pouco de conhecimento no History Channel? Bem, espere antes essa velhota gorda dar seu testemunho de o quanto está feliz, porque seu manequim baixou quatro números com uma cinta que transforma a cintura pélvica em uma farofa.

Quer ver algum programa sobre artes e espetáculos no canal A & E? Sente-se e aguarde antes aquele bobalhão passar 10 minutos anunciando o novo e miraculoso creme que transforma uma múmia do inferno em uma moçoila voluptuosa e de pele macia. A TV paga hoje é uma terra de ninguém.

Sugerimos a mudança do nome do orgão que deveria fiscalizar operadoras e canais de TV, em nome dos consumidores telespectadores: de Anatel para Inutel.

Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

Pastor oferece R$ 5 mi pela madrugada do SBT

A Igreja Internacional da Graça, comandada por Romildo Ribeiro Soares, o missionário R.R.Soares, ofereceu R$ 5 milhões para por 3 horas diárias (das 2h às 5h) no SBT. A proposta foi feita pela primeira vez cerca de quatro meses atrás. Na ocasião, Silvio Santos rejeitou qualquer possibilidade de venda.

Na semana passada, conforme revelou a coluna de Mônica Bergamo, emissários do pastor almoçaram no SBT, em nova tentativa de compra de horário.

Os religiosos viram o “terremoto” ocorrido com as mudanças de casa, por parte de celebridades, e tentaram aproveitar o “timing”. Com Eliana e Justus, o SBT vai ter um gasto salarial extra de R$ 20 milhões nos próximos 12 meses. Especula-se que a igreja teria se oferecido para, no mínimo, cobrir esse gasto –em troca de algumas horas na programação da madrugada do SBT.

Mais uma vez a emissora se recusou.

A Igreja Internacional da Graça não é a primeira que assedia a TV de Silvio Santos. No final dos anos 90, a Igreja Universal também tentou comprar toda a madrugada da emissora, que rejeitou.

Silvio Santos perde da Record e fica em 3º em novo horário

Ontem, Gugu, no SBT, enfrentou Eliana, na Record. Das 13h30 às 16h, os dois se cruzaram no vídeo. Gugu venceu com facilidade: 11 x 7.

Já Silvio Santos, que assumiu a faixa horária que antes era de Gugu, foi derrotado pela Record e colocou o SBT novamente, depois de quase dois meses como vice, no terceiro lugar de ibope.

Entre 17h05 e 22h02, o “Programa Silvio Santos” marcou média de 10 pontos, contra 14 da Record e 23 da Globo.

Cabe lembrar que, em 2010, Silvio deverá enfrentar diretamente Gugu na Record, assim como Eliana.

Quem é Legal

“Jean Charles”

Esta coluna já reclamou de atuações de Selton Mello no passado, talvez por ser Selton Mello demais às vezes. No caso de “Jean Charles”, além da direção, roteiro e edição de bom gosto, aos dez minutos do primeiro tempo do filme ninguém mais lembra do nome do ator. Simplesmente submerge na composição ora calorosa, ora angustiada do personagem principal, vítima em julho de 2005 de imbecilidade policial, em Londres. Imbecilidade, cabe dizer, à altura da incompetência de qualquer polícia de Terceiro Mundo.

Quem é Legal também

Paloma Duarte, em “Poder Paralelo”

De longe, Paloma (Fernanda) é um dos (muitos) pontos altos da novela de Lauro César Muniz. E protagonizou alguns momentos que, certamente, já entraram na história da telenovela brasileira. Como a cena em que quase sai no rala e rola com Maura (Adriana Garambone). Muito sexy!!

Paparazzi infernizam vida, pais e escola de Maisa

Publicado: 21 de abril de 2009 em Ooops
Paparazzi infernizam vida, pais e escola de Maisa
Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

Dois paparazzo têm infernizado as últimas semanas da família de Menina Maisa, estrela mirim apresentadora do SBT. A garota de seis anos mora com a família em cidade do interior de São Paulo. Há pelo menos um mês dois fotógrafos de celebridades passaram a perseguir a garota e a cercar sua rotina na cidade. Além da família, alguns moradores também estão revoltados com a perseguição.

O resultado da perseguição: a família da garota não pode mais sair de casa sem escolta; a escola onde Maisa estuda foi obrigada a criar uma nova entrada e horário para ela, o que pode prejudicar seu rendimento; outros pais de alunos na mesma escola já temem pela segurança de seus filhos, e da própria menina, porque não são incomuns ações de sequestro naquela região do Estado.

Um dos paparazzi é de São Paulo. O outro foi enviado por uma publicação popularesca do Rio.

Maisa só grava no SBT uma vez por semana. Professores a consideram uma boa aluna, suas notas oscilam entre boas e ótimas.

Pesquisa revela que garota-prodígio do SBT atrai adultos, mas irrita crianças

Uma pesquisa realizada por uma grande empresa calçadista do Sul do país tinha intenção de lançar uma linha infantil com a grife, digamos, “Menina Maísa”.

Encomendou então uma grande pesquisa de, digamos, gosto mercadológico para avaliar o potencial de vendas. Qual não foi a surpresa dessa empresa ao descobrir que a apresentadora-mirim não era tida em grande apreço pelo público infantil, independentemente da faixa etária.

O público que disse “adorar” Menina Maísa na pesquisa foi outro: os adultos. Quase 100% dos entrevistados acima de 18 anos disseram gostar da menina. A empresa arquivou o projeto da “sandalinha”.

Band rebate nota sobre ibope em horário nobre

Segundo a assessoria de imprensa da Band, havia um número incorreto sobre o horário nobre. Não houve queda na audiência da Band entre março e abril.

Segundo a Band, a média ficou em 3,9 pontos em março e abril, não houve queda para 3,4, como a coluna informou, de fato, incorretamente. Os dados errados foram fornecidos por uma terceira emissora, não envolvida na disputa.

Quem é legal

Ela é bonita, carismática, amável e humilde. Não bastasse tanta qualidade, sua risada é solta. É querida por público, colegas, artistas e até os funcionários mais simples da Record. O “Hoje em Dia” mudou para melhor desde que Chris Flores passou a integrar o elenco. Chris merece hoje um “Quem é Muuuito Legal”

concordo. bem diferente da Ana.

Globo faz Claudia Leitte desistir da Record

Publicado: 31 de março de 2009 em Ooops
Globo faz Claudia Leitte desistir da Record
Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

Uma nova batalha entre advogados e emissários da Record e da Globo vem sendo travada nos bastidores da TV nos últimos meses. O pivô da guerra: a cantora Claudia Leitte.

No ano passado, a Record fez convite a Claudia Leitte para um contrato de licenciamento de marcas e desenvolvimento de produtos com a Record Entretenimento. Pelo contrato, todos os produtos que a cantora lançasse nos próximos anos seriam intermediados por esse recém-criado braço empresarial da TV Record.

A Record não é boba: além do enorme apelo popular que Claudia tem, ela também acaba de ser mãe, o que abriria um caminho quase infinito de novos produtos do tipo “para a mãe e para o bebê”.

Claudia e seus empresários gostaram da proposta. Aceitaram. Tanto que Record imediatamente publicou o anúncio da parceria em seu site oficial. O anúncio ficou lá de dezembro até a semana passada, quando misteriosamente sumiu. O que houve?

Segundo Ooops! apurou, emissários da Globo passaram as últimas semanas avisando Claudia: que ela não devia assinar nada com a Record, sob pena de ser banida da Globo para todo o sempre, além de ter proibida a veiculação de quaisquer de seus produtos em veículos das Organizações Globo.

Coincidência ou não, seu nome saiu do site oficial da Record. Dois dias depois ela apareceria no “Fantástico”. Era o sinal definitivo para a Record da desistência.

A Record informou que não vai comentar o caso.

“Paraíso” desaba no ibope e vira “inferno” na Globo

“Paraíso”, novela das 18h da Globo, continua descendo a ladeira do ibope. Nesta terça-feira, segundo dados obtidos do ibope em tempo real, a novela teve a pior audiência desde sua estreia, no último dia 16. O ibope não consolidado indica que a novela teve 16 pontos de média.

Em alguns minutos (18h33 e 18h43, por exemplo) chegou a cair para 15 pontos.

Nos corredores da Globo, gente jocosa já diz que a novela vai mudar o nome para “Inferno”, e que o motivo de tamanha queda são os “pecados” de seu autor, Benedito Ruy Barbosa. Ele atribui o fraco desempenho de sua trama ao fiasco de ibope de “Malhação”, que hoje chegou a dar 14 (contra 30 nos bons tempos)..

“Paraíso” estreou com 25 pontos de média. registra portanto uma queda de 40% no ibope, ou 4 em cada 10 telespectadores.

A novela anterior, “Negócio da China”, de Miguel Falabella, fechou com média de 20 pontos e até aqui detinha o título de pior ibope da história das novelas da Globo. “Paraíso” está lhe tomando o “troféu”.

Ibope de TVs dispara com “domingo do Clodovil”
Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

Toooodos os programas que homenagearam Clodovil Hernandes neste domingo registraram ibope acima da média. Assim como ocorria em vida, também na morte o deputado federal boquirroto elevou a audiência de quase todas as emissoras em apareceu. SBT, Record e , Rede TV! foram as mais generosas em espaço. E lucraram com isso.

http://storage.mais.uol.com.br/embed.swf?path=/0/74/5B/&id=166671&host=http://st0.mais.uol.com.br&mediaId=ibope-de-tvs-dispara-com-domingo-do-clodovil-04023560E0B18326

No SBT, Gugu Liberato abriu o “Domingo Legal” com uma imensa matéria sobre Clodovil. Rapidamente o programa passou dos 16 para os 21 pontos, segundo o ibope em tempo real (esse ibope sempre é corrigido em margem de erro no número consolidado, mas quase quase nunca altera o resultado entre as emissoras). O resultado: SBT isolado em segundo lugar.

A Record também apostou em longa “homenagem” ao deputado, no “Domingo Espetacular”. Uma reportagem calorosa, diferente da “frieza” com que os bispos da Universal sempre o trataram. Resultado

Quase todas as TV’s tinham enorme acervo de vídeo com Clodovil. E o que não faltavam eram declarações bocudas.

O “Pânico na TV” também registrou elevado ibope durante a matéria sobre Clodovil (o programa teve pico de 14 pontos). Também foi vice-líder nesse momento.

Intocada em primeiro lugar em audiência, a Globo teve apenas uma modesta dedicatória, de apenas um minuto, de Fausto Silva ao ex-deputado.

Record vai lançar minissérie sobre Jânio Quadros

Com produção de Paulo Figueiredo, e baseada sobre a longa obra do pesquisador paulista Nelson Valente, a Record prepara uma minissérie sobre a vida de Jânio Quadros (1917-1992), ex-presidente do Brasil.

O seriado vai acompanhar a figura política (que também foi prefeito e governador de São Paulo) desde sua adolescência, e, segundo o ator, não pretende esconder a péssima relação que Jânio teve com seu pai e a enorme rivalidade com outro expoente da época, Adhemar de Barros.

O cotado para o papel do político é Cássio Scapin. Que, aliás, já interpreta Jânio no cinema, no longa “Bela Noite para Voar”, citado na semana passada nesta mesma coluna.

SBT volta a derrotar a Record; Silvio Santos vence Eliana Dedinhos

Na média geral de ibope de ontem, a emissora de Silvio Santos voltou à vice-liderança isolada. Nas 24 horas do dia, o SBT marcou 7 pontos de média contra 5 da Record.

O destaque foi a vitória de Silvio Santos sobre sua ex-funcionária Eliana Dedinhos na Record. Por 9 8, o programa “do patrão” superou a rival.

Quem é Legal

Marcelo Adnet, da MTV

Apresentador carismático, Marcelo é hoje o maior exemplo de que (ainda) é possível fazer TV apenas com inteligência e bom humor. Às vezes o programa é tão bom que é uma pena que só tenha “15 Minutos”. A propósito, num todo, a grade da MTV está, em 2009, bem além dos últimos anos.

Ninguém Irrita Hoje