Arquivo da categoria ‘Prog. do Ratinho’

TJ-SP manda Ratinho e SBT pagarem R$ 150 mil a pastor
Por Fernando Porfírio

O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou a condenação do apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, e do SBT ao pagamento de indenização por dano moral no valor de R$ 150 mil. A quantia deverá ser paga a Victor Ricardo Soto Orellana, pastor e fundador da Igreja Acalanto — Ministério Outras Ovelhas. A congregação é frequentada, entre outras pessoas, por homossexuais e foi vítima de chacota e tratamento chulo e depreciativo pelo apresentador do programa do SBT.

A decisão é da 4ª Câmara de Direito Privado. Ao se manifestar sobre o valor da condenação, os desembargadores entenderam que ele não merecia reparos diante do poder econômico dos réus e para servir a sua finalidade punitiva, reparadora e educativa. De acordo com o relator do recurso, desembargador Fábio Quadros, é inegável o exercício abusivo da liberdade de informação praticada pelo SBT e pelo apresentador Carlos Massa.

O desembargador Fábio Quadros esclareceu que não foi a referência genérica à homossexualidade dos membros e fiéis da Igreja Acalanto ou mesmo o tratamento de “gays” que caracterizaram a ofensa. Até porque, segundo o relator, o termo designativo de preferência sexual é usado regularmente pelo pastor e pelos fiéis.

“O que se caracterizou como ilícito foi o escárnio, o teor depreciativo da matéria que se referiu nominalmente ao autor, afastando-se os réus [Ratinho e SBT] do verdadeiro propósito de bem informar”, destacou o desembargador Fábio Quadros.

O apresentador, ao divulgar imagens feitas com câmera escondida, mostrando o culto, nos dias 2 e 5 de maio de 2003, disse que a igreja era para gays, homossexuais e fez diversos comentários “jocosos” sobre os frequentadores e o local. Ratinho disse que a igreja era de “viadinhos”, de “viados” e quando se referiu a outras sedes da congregação afirmou que não tinha filial, mas “viadal”.

A emissora e o apresentador alegaram que houve apenas a exibição das imagens da igreja, que está em local público. O apresentador também argumentou que agiu no exercício de sua profissão, que não houve intenção de ofender ninguém e, por isso, o pedido é excessivo, abusivo e improcedente.

Três desembargadores do Tribunal de Justiça não aceitaram os argumentos apresentados pelas defesas. De acordo com o tribunal, até os programas de natureza sensacionalista devem guardar o mínimo de respeito à dignidade da pessoa humana, pois a liberdade de imprensa, conquistada a alto preço, não pode ser motivo para violação imotivada e injustificada de princípios da Constituição Federal.

Em primeira instância, o juiz Guilherme Santini Teodoro, da 4ª Vara Cívil de São Paulo, já havia qualificado as atitudes de Ratinho de uma “postura jocosa, desrespeitosa, depreciativa e pejorativa” ao abordar em seu programa a comunidade gay.

Fernando Porfírio é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 29 de agosto de 2011
Anúncios

“Pronto para cumprir mais um desafio”, diz Ratinho após renovar com SBT

Com dois programas na grade do SBT, Carlos Massa, o Ratinho, acaba de renovar seu contrato com a emissora.

“Estou muito satisfeito e pronto para cumprir mais um desafio. Quando se faz o que gosta, não há fronteiras”, diz o apresentador.

Ratinho voltou ao SBT em 4 de maio deste ano, com o novo Programa do Ratinho. A atração leva ao público o melhor de Carlos Massa. Sempre preocupado com as questões da população, Ratinho voltou a lutar pelos direitos do povo e mostra, com um jornalismo dinâmico, as principais notícias do dia.

No ar de segunda a sexta ao vivo, às 17h30, a atração mistura entretenimento e jornalismo. Sem esquecer o lado humorístico, a atração diária conta com o fiel companheiro do apresentador Xaropinho e também com uma banda no estúdio e a secretária italiana Valentina.

Os telespectadores ainda acompanham momentos históricos que marcaram a carreira de Ratinho e podem faturar diversos prêmios através de divertidas brincadeiras.
Jornalismo chulo: quando Honduras vira “paisinho de merda”

Ratinho chamou Honduras irresponsavelmente de “paisinho de merda que fica ali na América Central”

Não é de hoje que vemos nos chamados telejornais populares de fim da tarde, em quase todas as emissoras de TV brasileiras, apresentadores coléricos esbravejando contra a violência urbana, as injustiças sociais e crimes violentos.

Por Leila Cordeiro, no Direto da Redação

Tudo bem, seria louvável se tudo caminhasse dentro da ética e da responsabilidade jornalística. Mas não é o que acontece. Cada um desses profissionais, em nome da audiência, pensa que quanto mais gritar impropérios a plenos pulmões, mais serão ouvidos e vistos pelo público.

Entretanto, nessa guerra pela audiência as próprias emissoras e seus profissionais se esquecem que devem um mínimo de respeito às instituições que atacam ou até mesmo a países estrangeiros, como foi o caso do apresentador do SBT, Carlos Massa, popularmente conhecido como Ratinho.

Em meio a uma crise que está deixando Lula com insônia e fazendo com que o governo brasileiro tenha muita diplomacia ao tentar resolver o impasse do presidente eleito Manuel Zelaya refugiado na embaixada brasileira em Tegucigalpa, sem mais nem menos, Ratinho chamou Honduras irresponsavelmente de “paisinho de merda que fica ali na América Central”, dando pouca importância ao fato, como se fosse um justiceiro que estava ali para dar o veredicto final. O pior é que, parece, o SBT nem tomou conhecimento disso.

Será que se houvesse a obrigatoriedade do diploma e Ratinho tivesse sido obrigado a frequenter os bancos da faculdade de jornalismo, ele não teria, pelo menos, o sentido ético da notícia, sabendo que o requisito fundamental do jornalista é ser isento e simplesmente informar sem tomar partido?

Será que Ratinho teria coragem de ser tão irresponsável a ponto de desafiar a soberania de um país xingando-o de maneira chula? Não importa se Honduras é um território pequeno com população não muito expressiva, mas precisa ser respeitado e seus representantes diplomáticos no Brasil estariam cobertos de razão se protestassem contra os insultos gratuitos de Ratinho.

O pior é que patrocinadores de programas como este gastam fortunas para terem seus produtos ligados a imagem de pessoas como outros ratinhos que, correndo atrás dos números da audiência, não pensam duas vezes em pisar na ética e no bom senso profissional.

Ratinho, entretanto , não é o único a mostrar que o diploma jornalístico deveria ser obrigatório apenas para conter os excessos de quem desconhece os princípios da profissão. Recentemente, uma jovem cantora, contratada para ser apresentadora de um canal de TV , quando lhe perguntaram se pretendia cursar uma faculdade de jornalismo, declarou : — Eu até estou pensando nisso. Afinal se a faculdade existe é que deve servir para alguma coisa, né?”!

E aí é que eu me lembrei de uma frase recente de um conhecido diretor de TV com o qual conversávamos outro dia: “Como vocês sabem, o panorama da televisão aqui no Brasil mudou muito, em pouco tempo”.

É verdade, ele está cheio de razão.

daqui: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=6&id_noticia=116754
Visite o site : http://www.vermelho.org.br/index.php

Ratinho deve assumir segunda temporada de “Nada Além da Verdade”

da Folha Online

O apresentador Carlos Massa, conhecido como Ratinho, deve apresentar uma segunda temporada de “Nada Além da Verdade”, do SBT.

Segundo a assessoria de imprensa da emissora, não há previsão de estreia para o programa, que está ainda na fase de pré-projeto. O martelo sobre Ratinho como apresentador tampouco foi definitivamente batido.

O dono do SBT, o apresentador Silvio Santos, comandou o programa. Ratinho, a princípio, ficaria com dois programas, seu vespertino “Programa do Ratinho” e o “Nada Além da Verdade”.

Stefhany participou do Programa do Ratinho

Um dos maiores fenômenos da internet brasileira, a cantora Stefhany esteve no Programa do Ratinho de terça-feira, 4 de agosto.

Além de conversar com o apresentador, ela cantou seu grande sucesso, `Eu Sou Stefhany´. A mãe da estrela, que é a autora do hit, também esteve presente na atração.

Durante o programa, foi lançada a promoção “Eu quero dar uma volta no Cross Fox com a Stefhany”. A pessoa que mandar a melhor mensagem falando o motivo de querer andar com a cantora em seu carro ganha a promoção.

A mensagem deve ser enviada para programadoratinho@sbt.com.br.

Programa do Ratinho, de segunda a sexta, às 20h, no SBT!

Confira as novidades no cenário do Ratinho

O Programa do Ratinho traz novidades para os telespectadores nesta segunda, 27 de julho. A atração vai ao ar com mudanças no cenário.

“O ‘Ratinho’ era um cenário que ocupava meio estúdio e a Cortina Premiada ficava montada de fora. Então a gente readequou algumas coisas, entre elas a Cortina, que agora está inserida no contexto”, conta o chefe da equipe de cenografia do SBT, Eron Reigota Viana.

O cenário da atração terá ainda alteração nas cores. “A gente removeu a madeira, que era mais sóbria, e trocou pelo azul, característico dessa linha de shows”, completa o profissional.

Ratinho estreou no SBT em 4 de maio deste ano e leva ao ar, de segunda a sexta, às 17h30, um programa dinâmico, preocupado com as questões da população, no qual o apresentador luta pelos direitos do povo, além de mostrar as principais notícias do dia.

Programa do Ratinho, de segunda a sexta, às 17h30, no SBT!

Edson e Hudson se divertem com Ratinho; confira

No Programa do Ratinho da última segunda, 11, Ratinho recebeu a dupla Edson & Hudson, que está em sua última turnê. Os irmãos vão seguir carreiras separadas a partir do fim do ano.

Os cantores se divertiram com Ratinho e Xaropinho, e explicaram os motivos da separação. Enquanto Edson quer seguir na música sertaneja, Hudson pretende investir em um novo estilo, o Pop Rock.

+ Assista ao vídeo!

Programa do Ratinho, de segunda a sexta, às 17h30, no SBT!