Arquivo da categoria ‘Duas Caras’

Final de Duas Caras

Publicado: 1 de junho de 2008 em Duas Caras, Novela

Duas Caras termina com final feliz para Ferraço

Noveleiros

Cena do hospital é prenúncio de final feliz Foto: Divulgação

Divulgação

O último capítulo de Duas Caras – a novela das oito que começa às nove na Globo – não apresentou grandes surpresas dentro do que se previa nas últimas semanas, tanto nas revistas especializadas, como também nos sites e blogs – incluindo o do próprio autor, Aguinaldo Silva.

A primeira cena desta noite de sábado resgatou o dia anterior, com a perseguição policial para a captura de Silvia (Alinne Moraes). E então o capítulo passou a ser constantemente recortado por trocas de sequências explorando os finais das tramas paralelas de diversos personagens importantes – além de muitos e longos intervalos comerciais. Confira abaixo o fim escolhido por Aguinaldo Silva (e desde já eu pergunto – o que vocês acharam? deixem seus comentários…):

Ferraço feliz: Liberto da cadeia, Marconi Ferraço (Dalton Vigh) recebe mesmo o trote de Maria Paula (Marjorie Estiano), que diz ter fugido com toda sua fortuna para o advogado Barreto. Mas depois da decepção, ele recebe o telefonema da amada, pega uma passagem de avião e a encontra no Caribe, onde se beijam apaixonadamente na última cena. Ricos, casados, e com Renato (Gabriel Sequeira) a tira colo.

O diretor-sufocador: A surpresa da noite foi a aparição de Geraldo Peixeiro (Wolf Maya) como o Sufocador. O diretor da novela estava entre os cotados para ser o “cadeirudo de Duas Caras”, mas não liderava as bolsas de apostas. Ele retira a máscara para as câmeras após atacar a beata Edivânia (Susana Ribeiro) na mata da Portelinha. Ele consegue escapar livre.

Não teve beijo gay: Bernardinho (Thiago Mendonça) e Carlão (Lugui Palhares) se casam. Mas não se beijam. Aguinaldo Silva evita a polêmica. Os dois apenas se deram as mãos no altar, nada mais. Nem um selinho.

Fuga bem sucedida: A maluca Silvia é deixada por João Batista (Júlio Rocha) durante a fuga e desiste de matar Renato depois de ser enfrentada em uma discussão pelo menino. Ela abandona o carro com o qual sequestrou Renato e fuge pela mata, deixando o filho de Maria Paula para trás. Em seguida, Silvia é atropelada por uma caminhonete, e recebe ajuda do motorista – com quem foge para Paris, levando JB a tira colo. Ela encerra a participação sorridente e envia uma carta para a mãe, relatando seu sucesso.

Alegria no Bacalhau: Bernardinho, Dália (Leona Cavali) e Heraldo (Alexandre Slaviero) recebem um telefonema do advogado Barreto (Stênio Garcia) avisando que a Justiça autoriza o registro da menina Ana Rosa Maria com dois pais e uma mãe. O trio delira.

Fim do racismo: Barreto vai buscar o filho, a nora e o neto no Aeroporto, quando sofre um ataque racista do motorista do táxi. Ele revida, mas é espancado pelos taxistas do ponto. Barreto dá um fim ao racismo surgindo todo enfaixado para uma foto com a família inteira – a nora e o genro negros, mais a foto da avó, antes retirada do álbum da família.

Alzira vai para Ibiza: Alzira (Flávia Alessandra) se despede de Juvenal Antena (Antônio Fagundes) com um beijo apaixonado, dizendo que vai dançar em um famoso night club de Ibiza.

Juvenal fica na mão: O final do chefão da favela da Portelinha, o Justamente Bazuca, ou Juvenal Antena, foi bastante simplório. Depois de levar um pé de Alzira, Guigui (Marília Gabriela) pergunta se ele não vai se casar. E ele responde que “vai se casar com o povo dele”. Pronto. Ficou sozinho.

No Senado: Gioconda (Marília Pêra) mal aparece, mas Barreto passa aos telespectadores a informação. Ela se elegeu senadora, e está em Brasília.

Amara volta: Depois de bastante tempo afastada devido a problemas de saúde da atriz, Amara (Mara Manzan) retorna. A vidende Amora (Fafy Siqueira) – sua irmã – aponta o paradeiro dela a Bernardo (Nuno Leal Maia), que procura Amara e pede perdão de joelhos. O casal se abraça e sela a reconciliação com um caloroso beijo.

Mais acontecimentos: Houve casamento coletivo, a eleição de Evilásio, a confirmação do Oscar para o filme Batalha da Portelinha, a ida de Petrus para um intercâmbio na Suíça, e a reabertura do centro de religião africana da Portelinha, nas mãos de Biju.

Anúncios
Duas Caras: Maria Paula e Ferraço terminam juntos em praia do Caribe

por O Dia Online

Ao sair da prisão, ele pega avião e vai ao encontro da amada e do filho

Regina Rito

Rio – Em “Duas Caras”, quem torceu para que Maria Paula (Marjorie Estiano) terminasse nos braços de Ferraço (Dalton Vigh) se deu bem. Dos três finais gravados já foi escolhido o que irá ao ar na noite deste sábado.

Maria Paula está com o filho Renato (Gabriel Sequeira) em uma praia do Caribe. Ferraço, que saiu da prisão, em outra praia do Rio de Janeiro, com o olhar perdido pensa em Maria Paula e diz para si: “Maria Paula… Eu te amava de verdade. Pela primeira vez na vida eu estava sendo sincero… E você me enganou”.

De repente toca o celular. Ele atende. É Maria Paula. Ela tripudia dizendo que ligou pra saber como ele está se sentindo depois de ter sido roubado. Ele retruca que não merecia isso, que confiou nela e foi sincero quando disse que a amava. E ela: “Então agora você realmente sabe a sensação de ser enganado. Foi assim que me senti quando você me deixou, Adalberto!”. Ele: Eu era um vigarista, um safado. Mas mudei por sua causa e você me apunhalou. Eu não esperava que você”. Maria Paula corta: “Na agência de turismo da sua antiga firma tem uma passagem aérea em seu nome. Vai lá e depois pega o primeiro avião. Eu e seu filho estamos te esperando”.

Ela desliga o celular, olha o filho brincando na areia, toma um drinque e sorri. Ferraço chega. Desce de um carro na frente do hotel e vai até a piscina. Renato o vê e vai corrrendo abraçá-lo. Maria Paula os observa tomando seu drinque e depois vai na direção de Ferraço. Ele se coloca diante dela e pergunta: “E quanto a nós?”. Ela: “Agora estamos quites. Portanto, pare de perder tempo e trate de me beijar, estúpido!. E eles se beijam apaixonados.

Confira o vídeo da noite de amor de Ferraço e Maria Paula no hospital

Reprodução/TV Globo

Duas: Novela bate recorde no antepenúltimo capítulo

Da Redação

Maria Paula acertou em cheio no capítulo de Duas Caras, da Globo, de quinta-feira, dia 29, ao ceder aos encantos de Ferraço (ou Adalberto, ou Juvenaldo, como queiram).


Isso porque, no antepenúltimo episódio da novela, que levou ao ar a noite de amor do casal em pleno quarto de hospital, foi registrado o recorde de audiência da trama. De acordo com dados divulgados pela emissora, Duas Caras marcou 51 pontos no Ibope e, em cada 100 televisores ligados no momento de exibição do folhetim, 70 estavam sintonizados na plim-plim. Até então, a audiência mais alta havia sido alcançada em 21 de janeiro, quando chegou aos 47 pontos.

No sábado, dia 31, vai ao ar o desfecho da história, para isso foram gravados três finais, sendo que em todos Marconi é preso: em um Maria Paula o espera na porta da penitenciária, em outro o aguarda no Caribe e, numa outra opção, o deixa sozinho e sem dinheiro. Já o tão comentado beijo gay, não esperem, ele nem foi gravado.

Resumo do capitulo de hoje de Duas Coras

Publicado: 24 de maio de 2008 em Duas Caras, Novela

Duas Caras (Globo, 21h)

Maria Paula diz que não sabe se é certo. Ferraço pede para conversar com ela a sós. Renato diz a Bárbara que não vai perdoar a mãe, se ela não se casar com o pai. Sílvia planeja se vingar de Ferraço, Maria Paula e Renato e pede ajuda a João Batista. Maria Paula exige que Ferraço se ajoelhe aos seus pés e diga que a ama. Ferraço se ajoelha e declara todo o seu amor. Maria Paula diz que acredita nele. O casamento se realiza. Ferraço se inclina para beijá-la e ela corresponde com um beijo em sua face. Juvenal estranha a secura de Maria Paula.

Alzira reclama da luz de seu show.

Juvenal trabalha na associação com Evilásio a seu lado.

Gioconda reúne suas amigas na Portelinha, que fazem doações.

Débora diz a Jojô que não vai contar agora a Antônio que ele é o pai do bebê.

Gioconda convida Barreto para passar a noite na Portelinha.

Carlão diz a Bernardinho que vai provar que é uma boa pessoa e arrumar o dinheiro para pagar as dívidas do restaurante.

Aurora chama Rudolf de traidor.

Maria Paula vai para o seu quarto e diz a Ferraço que a separação de corpos está valendo.

Clarissa, Célia, Sílvia e João Batista aguardam o resultado do exame de DNA.

Barreto vai para a Portelinha.

O exame de DNA dá negativo. Branca comemora. Célia se irrita.

Clarissa fala que está feliz e vai procurar Antônio.

Sílvia diz à mãe que quer a presidência da universidade.

Por Redação Y! Notícias

Juvenal decide renunciar e apoiar seu afilhado Evilásio, causando o maior alvoroço em sua comunidade.

Tio Sam News (Foto: Divulgação/ TV Globo)
Juvenal (Antonio Fagundes) está à frente nas pesquisas de intenções de voto e começa a se questionar se quer mesmo ser vereador. Sua fiel escudeira, Guigui, (Marília Gabriela) e sua filha, Solange, (Sheron Menezes) o aconselham a não deixar sua vida na Portelinha e, quando ele concorda, uma briga de muito tempo termina. Juvenal decide renunciar e apoiar seu afilhado Evilásio, causando o maior alvoroço em sua comunidade.

O líder da Portelinha procura Evilásio e pede que ele o encontre na associação de moradores. Pouco depois, o rapaz aparece no local, diante do olhar incrédulo de Guigui. Os candidatos a vereador trocam algumas alfinetadas antes de sentar para conversar, mas finalmente fazem as pazes. Falam sobre a comunidade, sobre as idéias divergentes e, claro, sobre as eleições. “Quer que eu renuncie e apóie sua candidatura?”, pergunta Evilásio provocando o padrinho. “Não! Justamente é o contrário”, responde Juvenal, propondo uma aliança.

Emocionados, os dois se reconciliam e a notícia causa um verdadeiro furor na Portelinha. Juvenal pede para que todos votem em Evilásio e ambos saem carregados pelo povo.

As cenas foram gravadas na Central Globo de Produção, em Jacarepaguá, e serão exibidas a partir de sexta-feira, dia 16.

Exclusivo: Aguinaldo Silva conta fim de “Duas Caras”
A novela das 21h da Globo, “Duas Caras”, chega à reta final. A trama estreou em 1º de outubro de 2007, e está prevista para terminar em 30 de maio próximo. O autor da novela, Aguinaldo Silva, 63, contou, em entrevista exclusiva à Folha Online, quais serão os destinos de alguns dos principais personagens do folhetim.

Aguinaldo revelou que faltam apenas 23 capítulos para concluir sua trama e contou que vai escrever os capítulos finais na casa que tem na região histórica de Lisboa, em Portugal, para onde viaja no próximo dia 26. “Escreverei lá os dez últimos capítulos da novela, ora, pois”, brinca.

Ao todo, “Duas Caras” terá 209 capítulos, informa o autor. Com bons índices de audiência –em alguns capítulos do mês de março a trama chegou a marcar 47 pontos de média–, a trama de Aguinaldo Silva é a primeira colocada no ranking da programação televisiva. “A novela fica oito pontos à frente do ‘Jornal Nacional’, o segundo no ranking”, afirma o autor.

Devido ao sucesso, a Globo já pediu o autor para adiar o fim da novela por três vezes. Aguinaldo garante que não pretende esticar a trama ainda mais. “Um certo passarinho que freqüenta os jardins da TV Globo andou pipilando no meu ouvido, nos últimos dias, sobre a possibilidade de espichar ‘mais duas semanas’, porém eu o abati a tiros de fuzil. Nem morto!”, diz o novelista.

Aguinaldo revelou o que vai acontecer a importantes personagens da trama e afirmou que ainda tem dúvidas quanto ao fim que dará ao vilão Ferraço (Dalton Vigh). Mas outros personagens já têm destino traçado pelo novelista, que não pretende abandonar tão cedo seu estilo sempre polêmico. Nesse tom, ele diz que espera um pedido de desculpas dos evangélicos, após a conversão da personagem Edivânia (Susana Ribeiro) e alfineta o movimento de candidatura da ministra Dilma Rousseff à Presidência. Confira a entrevista.

Folha Online- O que vai acontecer com a vilã Sílvia (Alinne Moraes)?

Aguinaldo Silva- Tenho várias alternativas para a Sílvia. A morte, o hospício, ela ‘pegar’ filho com João Batista e não poder abortar, pois a gravidez é de risco… Mas, neste momento, o que me atrai mais é a prisão, onde ela se tornaria uma espécie de rainha das detentas, todas escravizadas por ela, e a cumprir suas ordens mais absurdas do tipo: “lave meus pés com a língua!” (risos)

Folha Online- A Maria Paula (Marjorie Estiano) vai terminar com quem: Claudius (Caco Ciocler), Narciso (Marcos Winter) ou Ferraço (Dalton Vigh)?

Aguinaldo Silva- Na pesquisa que o site da novela vem fazendo e na qual já votaram mais de um milhão de pessoas, o Ferraço passou à frente esta última semana, antes mesmo de salvar o filho da morte por afogamento. Depois disso, ele deve ter disparado. Mas eu confesso que não resolvi ainda. Na minha cabeça, eu deveria dizer aos telespectadores que o crime não compensa. Nem mesmo este agora em moda que é “roubar por necessidade ou carência”. Mas parece que o brasileiro acha esse tipo de pensamento uma coisa careta, o negócio pra ele é se dar bem a qualquer preço e então… Não sei o que farei.

Folha Online- Como vai terminar a briga entre Branca (Susana Vieira) e Célia Mara (Renata Sorrah)? Quem vai ficar com o Macieira (José Wilker)?

Aguinaldo Silva- Nessa trama, não tenho dúvida. Branca e Macieira formam o casal ideal de todas as novelas, já que eles são José Wilker e Susana Vieira. Mas já mandei o Wolf [Maya, diretor da novela] arrumar um homem pra Célia Mara. É um novo professor que vai chegar na Universidade Pessoa de Moraes. O ator será o Luís Melo.

Folha Online- A questão de ter demonstrado amor pelo filho vai aliviar o fim do Ferraço? O que vai acontecer com ele?

Aguinaldo Silva- Outra vez, você toca no ponto nevrálgico – a minha dúvida quanto ao final dessa trama. Que as pessoas amaram ver o Ferraço finalmente abrir o coração e deixar claro o seu amor pelo filho eu não tenho duvidas. Mas a gente não pode esquecer que ele cometeu vários crimes, mandou até matar Maria Paula quando ela reapareceu, portanto… e agora?, sou eu quem pergunto.

Folha Online- Barretinho (Dudu Azevedo) e Sabrina (Cris Vianna) vão sofrer alguma intempérie no casamento?

Aguinaldo Silva- Só o calor infernal que eles enfrentarão na Nigéria (risos). Mas se adaptarão, é claro. Voltarão ao Brasil, já com um filhote nos braços, para o final da novela.

O Evilásio (Lázaro Ramos) vai virar o novo Juvenal Antena (Antonio Fagundes) da favela da Portelinha?

Aguinaldo Silva- Esse é o destino de todo político bem intencionado, não é? Cair no populismo,virar demagogo, renegar as próprias idéias, e se aliar ao que existe de pior na política na ânsia de garantir a própria sobrevivência. Estou lembrando alguém com minhas palavras?… Evilásio vai ser eleito vereador – não vou dizer como é que ele vai conseguir isso, já que o Juvenal é favorito – e terá que rebolar muito pra não se tornar um político igual aos outros.

Folha Online- O triângulo Dália-Bernardinho-Heraldo (Leona Cavalli, Thiago Mendonça e Alexandre Slaviero) vai ficar junto?

Aguinaldo Silva- Vai, sim… E vai ganhar um apêndice, pois Carlão, mesmo sendo “espada” -é o que ele diz- vai se apaixonar por Bernardinho a ponto de ter crises de ciúmes, dar o maior vexame e se rasgar todo cada vez que o cozinheiro olhar pra outro… E, então, os quatro terão que ficar juntos. Mas só os três dormirão na cama, pois Carlão ficará no chão… E do lado de Bernardinho.

Folha Online- Qual será o fim da Edivânia (Susana Ribeiro), a personagem que provocou tanta polêmica com os evangélicos?

Aguinaldo Silva- Pois é. A Edivânia é uma falsa crente que, no final da novela, receberá o chamado, terá a revelação e achará o caminho.Para que isso acontecesse, era preciso que sua falsidade e sua hipocrisia fossem ressaltadas, pois ninguém se torna santo sem antes ser posto à prova. Foi o que eu fiz. Os pentecostais se revoltaram antes da hora. Espero que, quando Edivânia se tornar uma cristã verdadeira, eles reconheçam o mérito da minha trama edificante e me peçam desculpas.

Folha Online- O Claudius (Caco Ciocler) vai ficar com quem?

Aguinaldo Silva- Depende. Se Ferraço sair do páreo… Mas aí eu tenho um problema: a incrível química entre Caco Ciocler e Sharon Menezes. Esse casal funcionou demais!

Folha Online- A Alzira (Flávia Alessandra) vai terminar a novela dançando no queijo?

Aguinaldo Silva- Alzira vai virar uma grande estrela da pole dance, com direito a capa do “Playboy” e tudo… Mas vai renunciar a isso, depois que Juvenal, mordido de ciúmes, a arrancar do palco, levar pra casa e anunciar: a partir de hoje tu é só minha! Eu vos pergunto: que mulher resistiria ao Fagundes dizendo isso?

Folha Online- O que vai acontecer com o núcleo Texas Bar?

Aguinaldo Silva- A verdade sobre Jojô [Wilson de Santos] finalmente será descoberta: ele é hetero, casado e com quatro filhos (e o quinto já a caminho). Isso o deixará tão envergonhado que ele venderá a casa noturna e irá embora, porque, como várias outras histórias de “Duas Caras”, essa também subverte os padrões estabelecidos… Um hétero que finge ser homo porque tem vergonha que descubram que ele é hetero? Bota subversão nisso!

Folha Online- A Socorro (Marilice Cosenza) vai conseguir ficar com o Dorgival (Ângelo Antônio)?

Aguinaldo Silva- Dorgival, a essa altura em que eu estou na novela, tal como a Inez da história portuguesa, já está “morta”. Socorro consegue escapar da ira de Juvenal após o atentado frustrado contra ele, e vai terminar com Feliz, o anão vivido pelo ator Humberto Guerra, já que os dois são nordestinos, e eu queria um namoro com sotaque.

Folha Online- Quem é o sufocador?

Aguinaldo Silva- Ah, eu não vou contar. Ainda não decidi entre dois personagens… Vai ter que assistir para saber.

Folha Online- E a Gioconda (Marília Pêra), como ela vai terminar? E o Barretão (Stênio Garcia) deixará o preconceito racial?

Aguinaldo Silva- Gioconda vai fundar um movimento social intitulado “Chega!”, destinado a canalizar a revolta da classe média contra “tudo que está errado neste país”. E vai se tornar uma líder, com grande responsabilidade política. Talvez seja até lançada como candidata à Presidência por um pequeno partido, concorrendo assim com a ministra Dilma! Agora me diz: em qual das duas você votaria, na Dilma ou na Marília Pêra?… Eu, por exemplo, não tenho dúvidas, é Marília na cabeça. Já Barretão, terá que rever seus conceitos racistas quando se descobrir a verdade sobre a sua avó sumida.

Folha Online – O Juvenal vai morrer no fim da novela?

Aguinaldo Silva- Você já viu algum populista morrer? Claro que não. Eles viram purpurina!

Folha Online- Faça um balanço final dessa sua trama e suas muitas repercussões.

Aguinaldo Silva- Parodiando o slogan da escola de samba Salgueiro, eu diria que “Duas Caras” não foi nem melhor nem pior que as outras… Mas foi sem dúvida a mais radical de todas as novelas. Por isso, no começo, ela causou tanta estranheza no telespectador e tanta indignação na mídia. Ela desmontou, um a um, os conceitos tradicionais do folhetim televisivo, e assim deixou clara a possibilidade de se achar outros caminhos para o gênero. Eu podia ter feito mais uma das minhas novelas habituais, e isso seria garantia de sucesso. Mas preferi correr o risco. Foi difícil. Mas agora que a estranheza passou, a indignação diminuiu, e a novela caiu na boca do povo, eu me sinto muito feliz por não ter recuado. E prometo aos ‘zé ruelas’: daqui a dois anos, quando voltar a fazer novelas, vou criar muita polêmica de novo (risos).

Divulgação/TV Globo

Lágrimas: Ferraço se emociona ao salvar Renato

Da Redação

Por incrível que pareça, o arqui-vilão de Duas Caras é capaz de produzir lágrimas, sim, aquelas gotinhas de água salgada que os seres humanos produzem quando se emocionam. Na próxima semana, Marconi Ferraço vai soltar um monte delas na novela da Globo.

Quase inocente, o empresário é convencido por Silvia a fazer uma nova viagem com ela e Renato, como se não bastasse o fracasso da primeira… Pois bem, lá vão eles, com o aval de Maria Paula, para Teresópolis, com o pretexto que o passeio ajudará a noivinha psicopata a se equilibrar.

Lá vão então os três mosqueteiros. Eles mal deixam o Rio de Janeiro e Bárbara já tem um mau presságio, mas não é só ela, Ezequiel também, com toda razão, aliás. É que Silvia fez planos maquiavélicos para o final de semana, Renato que se cuide!

A megera convida o filho do noivo para um passeio de barco e ele então, que mal sabe nadar, tem a brilhante idéia de mergulhar. Era a deixa que a patricinha precisava para afastar o barco e largar o menino no meio do lago. É agora que entra em ação o super-pai: Ferraço se joga na água e quando consegue salvar o filho chora feito um menino.

Com medo de algo esteja errado e sem conseguir falar com o ex-marido – que acaba de se atirar na água -, Maria Paula pega um helicóptero com Narciso e vai ao encontro de Renato. Mesmo depois de Marconi garantir que está tudo bem e Silvia pedir perdão para o menino, a nutricionista decide ficar no hotel com eles, mas seu namorado volta para casa.