Arquivo da categoria ‘Jornalismo’

11/09: A Década do Terror

Nova série mostra como o 11 de setembro mudou o rumo da história

Do R7


A partir da semana que vem, dez anos após os atentados às torres gêmeas em Nova York, o Jornal da Record mostra uma série de reportagens especiais sobre o 11 de setembro.

Conheça a história dos brasileiros que sentiram na pele a dor das milhares de vítimas, veja o que aconteceu com as ruínas das torres e como o governo americano iniciou uma perseguição aos muçulmanos em nome na guerra ao terror.

Não perca a série especial 11/09: A Década do Terror.



http://videos.r7.com/r7/service/video/playervideo.html?idMedia=4e62a2f9fc9ba6ca5f50071a&embedded=true

Band | Canal Livre | Os 10 anos do 11 de setembro! 

Fernando Mitre está na bancada
 Fernando Mitre está na bancada / foto: divulgação
foto: divulgação 
Da redação programacao@band.com.br 

Joelmir Beting e Fernando Mitre compõem a bancada do programa O CANAL LIVRE deste domingo(04), às 23h30, na BAND, debate as consequências de um dia que abalou o mundo: o 11 de setembro de 2001. O programa ouve especialistas e recebe o ex-embaixador do Brasil em Washington, Roberto Abdenur no estúdio. Os ex-embaixadores Luiz Felipe Lampreia e Sérgio Amaral e o jornalista Roberto Godoy, dão depoimentos.
10 anos do atentado de 11 de setembro é Matéria de Capa 

 Programa jornalístico da TV Cultura, apresentado por Aldo Quiroga, irá ao ar neste domingo (4/9), às 19h
O maior atentado terrorista da história, ocorrido em 11 de setembro de 2001 em Nova York, será lembrado neste domingo (4/9), a partir das 19h, no novo programa jornalístico da TV Cultura, o Matéria de Capa.

Com apresentação e reportagens de Aldo Quiroga, o especial Dez Anos do 11 de Setembro mostra as repercussões políticas e econômicas da tragédia. Além disso, analistas de política internacional – Ricardo Sennes (coordenador do Gacint – Grupo de Análise de Conjuntura Internacional da USP) e Reginaldo Nasser (professor do Departamento de Relações Internacionais da PUC) – comentam as consequências para os Estados Unidos, estendidas também para o plano global.

O Matéria de Capa exibe depoimentos de pessoas que estavam lá, no dia do ataque, e viram de perto a dimensão do ato terrorista. Entre elas, o diretor de teatro Gerald Thomas, que mora em Nova York e testemunhou tudo.

O especial ainda recupera os registros de diálogos entre as vítimas e os serviços de socorro, e do que aconteceu no interior de um dos quatro aviões desviados de suas rotas, onde os passageiros entraram em luta com os sequestradores, na tentativa de salvar suas vidas.

O programa Matéria de Capa, a cada semana, propicia ao público conhecer, entender e se aprofundar nos temas mais importantes que ocorrem no Brasil e no mundo.

Roda Viva celebra 25 anos com retrospectiva especial
Durante todo o mês de setembro, sempre às segundas-feiras, programa irá relembrar grandes entrevistas, com a participação de ex-apresentadores 

Um dos mais antigos e emblemáticos programas de entrevistas da tevê brasileira, o Roda Viva completa 25 anos. Em sua trajetória, a atração abriu caminhos, inovou formatos, contribuiu para o fortalecimento da democracia do país e ofereceu informações e subsídios para o incentivo à cidadania. Para comemorar a data, o jornalístico da TV Cultura prepara uma retrospectiva especial, que irá ao ar durante todo o mês de setembro.


A partir do dia 5, sempre às segundas-feiras, às 22h15, o público poderá rever trechos históricos com personalidades das mais diversas áreas, que estiveram no centro do Roda ao longo dessas duas décadas e meia.
A primeira edição contempla entrevistas com os presidentes brasileiros Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor de Mello e José Sarney. Também estão nessa lista chefes de estado internacionais como Fidel Castro, Hugo Chávez e Evo Morales, bem como personalidades do universo esportivo, entre eles Ayrton Senna.
Como o tema censura não escapou das lentes do Roda Viva, seja com quem esteve no poder ou com quem sofreu com as restrições, o público irá rever participações de Dias Gomes, Tom Jobim, Gilberto Gil e do general Newton Cruz. Os bate-bocas calorosos como os que aconteceram durante entrevistas com Leonel Brizola, Franco Montoro e Orestes Quércia – que protagonizou uma discussão célebre com o jornalista Rui Xavier – estão entre o resgate das antigas edições.
Ex-apresentadores do programa, como Heródoto Barbeiro, Rodolfo Konder, Rodolpho Gamberini, Augusto Nunes, Matinas Suzuki Filho, Roseli Tardeli e Carlos Eduardo Lins da Silva participam das comemorações. Eles vão introduzir cada uma das entrevistas e dar depoimentos sobre os temas nelas abordados.
Nas outras três semanas, o público assiste a programas temáticos. Política e Economia vai ao ar dia 12/9; Cultura, 19/9; Esportes, Ciência e Saúde, 26/9.
História
O Roda Viva estreou em 29 de setembro de 1986, tendo como apresentador o jornalista Rodolpho Gamberini e, como entrevistado, o então ministro da Justiça, Paulo Brossard.
Ao longo dos últimos 25 anos, a atração acompanhou de perto os principais fatos políticos, sociais, econômicos, esportivos, culturais do Brasil e do mundo, aprofundando a discussão de temas essenciais com figuras de peso. Até o momento, estiveram no centro de sua arena 1.270 personalidades, entre elas Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Ulysses Guimarães, Hugo Chávez, Ayrton Senna, Luiz Felipe Scolari, Telê Santana, Pedro Almodóvar, Paulo Autran, Tônia Carrero, Lima Duarte, Raul Cortez, Marco Nanini, Ruth Escobar, Silvio de Abreu, Sônia Braga, Hebe Camargo, Jô Soares, Chico Anysio, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Ocimar Versolato e Oscar Niemeyer.
Além disso, em duas décadas e meia o programa levou para debate assuntos relevantes em edições temáticas, como crise econômica, violência e deficiência física.
Foram apresentadores: Rodolpho Gamberini (1986-1987); Augusto Nunes (1987-1989); Jorge Escosteguy (1989-1994); Rodolfo Konder (1990); Roseli Tardelli (1994); Heródoto Barbeiro (1994-1995); Matinas Suzuki (1995-1998); Paulo Markun (1998-2008); Carlos Eduardo Lins da Silva (2008); Lillian Witte Fibe (2008-2009); Heródoto Barbeiro (2009-2010); e Marília Gabriela (2010-2011).
Em outubro, a bancada do Roda Viva passa a ser ocupada pelo jornalista Mario Sergio Cont

Conexão Repórter

Roberto Cabrini continua no convívio com menores infratores

Publicado 30/8/2011
Depois da grande repercussão do documentário Prisão de Menores- 24 horas, o Conexão Repórter desta quarta, 31 de agosto, volta ao assunto exibindo novos trechos.

Você vai conhecer a reação da sociedade às revelações mostradas no primeiro programa. O que pensam os pais de menores infratores? Os responsáveis pelas leis que os punem? E os que estudam suas mentes? Vai ver o trabalho exaustivo de quem se dedica à recuperá-los.







CONEXÃO REPÓRTER
Nesta quarta, às 22h30

Noite e Cia – O seu site das Noites Certas

Nova série fala sobre o combate ao vício do crack no Brasil

A apresentadora Ticiana Villas Boas
A apresentadora Ticiana Villas Boas /
As muitas questões sobre o tratamento contra a droga e a dependência química


SAÍDAS PARA O CRACK é a nova série do JORNAL DA BAND, que vai ao ar de segunda(29) a sábado(03), às 19h15, na BAND. A sequencia de reportagens vai mostrar as várias faces do tratamento contra a droga.

Em foco a polêmica gerada pela possibilidade de internação compulsória, para tirar das ruas os grupos de viciados e as alternativas oferecidas por entidades de saúde públicas e particulares para quem tenta se livrar do vício.

A série mostra também como o crack atinge as famílias dos dependentes e de que forma mães e pais podem ajudar no tratamento, quais os cuidados na hora de escolher a melhor alternativa e exemplos de pessoas que conseguiram abandonar o crack e mudar de vida.


A série SAÍDAS PARA O CRACK vai ao ar no JORNAL DA BAND, de segunda(29) a sábado(03), às 19h15.

HD: onde disponível

Globo Repórter | 29/01 sex 22h00 | Globo – Jornalismo


Uma equipe própria de repórteres que aprofunda o conhecimento do público sobre assuntos polêmicos ou de interesse geral.

Por que muitas pessoas que chegam à terceira idade estão sempre procurando novas atividades?

Globo Repórter / Rede Globo

Por que muitas pessoas que chegam à terceira idade não conseguem parar e estão sempre procurando novas atividades?

O Globo Repórter de hoje vai tentar responder, mostrando alguns exemplos, como o doutor Schirmer, que, com 71 anos e uma jornada de 10 horas por dia como médico, salta de paraquedas no fim de semana.

Ou o casal que, aos 80, ganha a vida nas passarelas.

Ou mesmo uma mulher que, aos 100 anos de vida, realiza o sonho de aprender a ler.

O programa vai falar ainda da tal síndrome do marido aposentado.

Rede Globo | Globo Reporter