Arquivo da categoria ‘“Os Famosos”’

Twitter: Site causa fim do namoro de Aniston e Mayer

John Mayer e Jennifer Aniston parecem que não vão se acertar tão cedo. Entre indas e vindas o casal está novamente separado e dessa vez o motivo da briga foi o Twitter, o site de relacionamento do momento.

Seguindo a tendência de Ashton Kutcher e de diversos outros famosos, o cantor tem uma página própria em que posta pequenos textos contando novidades sobre sua carreira e o que está fazendo no momento.

E parece que Jennifer não gostou muito da nova obsessão do namorado. Segundo o Popcrunch reportou, um amigo da atriz afirma que ela descobriu que Mayer passava horas twittando quando ele dizia que estava muito ocupado para falar com a namorada.

John parou de ligar e responder os e-mails dela de repente e quando ela ia finalmente conversar com ele, ele dizia ‘Eu estive muito ocupado com o trabalho. Desculpe por não ter tipo tempo de ligar de volta’. E lá estava ele dizendo que não tinha tempo para ela enquanto sua página no Twitter estava repleta de posts novos.

E parece que a briga não para por aí. Segundo a revista Star Magazine dessa semana John pretende contar em um livro os detalhes da vida íntima do casal! Até mesmo quando Jen o chamou pelo nome do ex-marido, Brad Pitt, na cama.

http://estrelando.uol.com.br/celebridade/nota/_i_twitter_i_i_site_i_causa_fim_do_namoro_de_aniston_e_mayer-51027.html

Ex-BB, Jade Goody morre de câncer aos 27 anos

Inglaterra – Após seis meses de batalha contra um câncer cervical, a atriz e ex-participante do Big Brother britânico, Jade Goody, 27 anos, morreu em casa, em Essex, na Inglaterra, na madrugada deste domingo. Jade ficou conhecida na versão britânica do reality show em 2002. Em 2008, foi chamada para uma versão indiana do Big Brother, quando descobriu que tinha a doença. Ao saber do diagnóstico, Jade criou polêmica ao tornar pública sua luta contra o câncer e cada passo foi acompanhado pela imprensa inglesa e internacional.
foto materia principal
Jade Goody morreu neste domingo, às 3h55 da madrugada, horário de Londres
foto materia principal

Segundo o tablóide inglês The Sun, a jovem morreu ao lado da mãe e do marido, Jack Tweed, 21 anos, na data em que se comemora o dia das Mães na Inglaterra. “Jade morreu às 3h55. A família e amigos gostariam de ter alguma privacidade”, disse a mãe, ao aparecer do lado de fora da casa para acompanhar a remoção do corpo da filha.
Segundo o jornal, o porta-voz de Jade, Max Clifford, ressaltou a coragem da ex-BB e lembrou a força do marido da jovem nos últimos momentos. “Jack estava lá no fim. Ele foi brilhante, fantástico. A todo momento, estava lá ao lado dela”, afirmou.
O porta-voz de Jeff Brazier, pai dos dois filhos de Jade – Freddie, 5 e Bobby, 4 -, afirmou nesta manhã que ele ficou “extremamente triste” ao saber da morte e que, a partir de agora, a prioridade será estar com os garotos.

De acordo com o The Sun, ainda não há data definida para o funeral que, segundo o porta-voz Max Clifford, será uma “produção de Jade Goody”. “Jade queria uma celebração da sua vida. Vai ser uma cerimônia feita a seu modo”, afirmou. Após um missa, o cortejo vai acontecer perto de Upshire, cidade de Jade.

Vida Polêmica

Jade Goody ficou conhecida como a primeira participante de um reality show inglês a fazer sexo diante das câmeras. Após o diagnóstico de que um câncer cervical havia se espalhado para o fígado, intestino e virilha, a ex-BB adiantou o seu casamento com o colega de confinamento, Jack Tweed, de 21 anos. Os dois se casaram em 22 de fevereiro.

A vida de Jade foi marcada por várias polêmicas, a mais forte delas aconteceu em sua participação em uma versão do Big Brother apenas com celebridades, em 2007, onde conheceu Tweed. Ela foi expulsa da casa após ser acusada de discriminação e racismo contra a atriz indiana Shilpa Shetty, companheira de programa. “Volte para sua cabana” e “ela gostaria de ser branca” disse Jade à outra participante.

Tentando reverter a situação, a atriz reatou relações com Shilpa, doou dinheiro para caridade na Índia e se ofereceu para participar da versão indiana do Big Brother. Foi em agosto de 2008, durante as filmagens do programa, que descobriu que tinha câncer. Jade deixou o Big Brother dois dias depois de entrar na casa para se tratar.

Careca por causa da quimioterapia, Jade, que tinha uma família pobre, passou a cobrar por entrevistas exclusivas aos jornais e redes de televisão. A intenção da atriz era garantir financeiramente o futuro dos dois filhos Freddie, 4, e Bobby, 5. Tanto que a cerimônia de seu casamento teve os direitos de transmissão vendidos por 1 milhão de libras a um canal de TV.

“Eu vivi toda a vida adulta falando sobre a minha vida. A única diferença é que agora eu estou falando sobre a minha morte. Está tudo bem. Eu vivi na frente das câmeras. Talvez eu morra na frente delas”, disse a atriz em fevereiro ao jornal News of the World.

Em sua primeira participação no reality show, a atriz era ridicularizada por suas gafes. Em uma ocasião ela chegou a perguntar se nos EUA fala-se inglês – fato que fez a escola onde estudou, no sul de Londres, defender-se, dizendo que Jade “não era uma aluna típica”.

Eu vivi na frente das câmeras. Talvez eu morra na frente delas
Jade Goody

Jade Goody com o marido, Jack TweedAo sair da casa do Big Brother, Jade aproveitou a fama e lançou uma linha de produtos de beleza, foi apresentadora em programas de TV, publicou duas autobiografias e abriu dois salões de beleza.

A vida de Jade, desde cedo, foi cercada de fatos turbulentos. Seu pai, Robert Andrew Goody, era viciado em drogas e tinha ligações com crimes, tendo cumprido pena de quatro anos por roubo. Ele morreu de overdose em 2005.

A atriz teve um relacionamento com o apresentador Jeff Brazier, com quem teve seus dois filhos. Em 2005, namorou durante seis meses com o jogador de futebol Ryan Amoo. Os dois chegaram a morar juntos.

Em 2007, durante o começo de sua relação com o atual marido, Jade sofreu um aborto. Além disso, chegou a terminar o namoro por conta de insinuações de infidelidades dele.

As informações são do Terra

Enterrada viva

<!–[if gte mso 10]>

/* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:”Tabela normal”; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:””; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:”Calibri”,”sans-serif”; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:”Times New Roman”; mso-fareast-theme-font:minor-fareast; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

<![endif]–>OkEscrevi sobre ela outro dia neste blog. Jade Goody surgiu na versão britânica do Big Brother em 2002 e logo se converteu num objeto de raiva e escárnio pelo papel que desempenhou: a pessoa que todos adoram odiar. Jade sobreviveu ao programa e virou uma celebridade controvertida. Nas últimas semanas, ela comoveu os britânicos. Aos 27 anos, descobriu que tinha um câncer terminal. Poucas semanas de vida. Jade decidiu casar antes de morrer. Vendeu a cobertura de seu casamento à revista de celebridades “OK!” por 700 mil libras, cerca de 2,5 milhões de reais. O objetivo de Jade: garantir uma educação boa para seus dois filhos pequenos. A educação que ela não teve.

Jade morreu hoje.

Até o primeiro-ministro Gordon Brown elogiou a coragem de Jade na morte, e seu gesto em favor do futuro dos filhos. A morte de Jade é um dos destaques da mídia britânica neste domingo. Mas ela de alguma forma tinha sido morta antes. A “OK!” publicou uma edição de tributo a Jade alguns dias antes de sua morte. A capa tinha moldura preta, e nela apareciam os anos 1981-2009 como os de nascimento e morte de Jade. A revista afirmou que a edição de tributo era uma “celebração à incrível vida de Jade”. É um fato inédito da história da mídia: uma edição de tributo para um vivo. Tudo bem. Revistas têm que vender para sobreviver.

Mas a este preço?

O “tributo” da OK! É desde já um fascinante caso de estudo para os jornalistas.

Jade teve uma vida curta. E morreu duas vezes.

http://colunas.epoca.globo.com/pelomundo/2009/03/22/enterrada-viva/

Morre participante do Big Brother inglês que lutou contra o câncer

Jade Goody, que estrelou reality show sobre a doença, faleceu às 3:14

QUEM Online

 Jade com os filhos, antes da doença, e no casamento com Jack Tweed, já mostrando consequências do tratamento

  Jade Goody, a ex-participante do “Big Brother” inglês que tornou pública sua luta contra o câncer cervical, morreu neste domingo (22), às 3:14, em sua casa na cidade de Upshire, informa o “Daily Mail”.

A assistente dental ficou famosa na Inglaterra ao participar da terceira edição local do “Big Brother”, em 2002. Desde então, nunca mais deixou de aparecer na mídia.

Seu drama começou quando foi diagnosticada com a doença, durante a realização de outro reality show, “Big Boss”, em agosto. Desde então, Jade fez questão de expor seu problema, solicitando doações para criar uma poupança para seus dois filhos, Bobby e Freddy.

Depois, estrelou o reality show “Living with Jade Goody”, no qual foram registradas suas sessões de quimioterapia e os efeitos devastadores do tratamento. Ainda assim, a doença espalhou para o intestino e o fígado. Seu casamento com Jack Tweed também foi televisionado.

No início do ano, os médicos lhe deram o diagnóstico de que só tinha mais alguns meses de vida. Há 12 dias, a inglesa deixou o hospital onde estava internada para morrer em casa. Ao seu lado estavam o marido e a mãe, Jackiey Budden.

http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI65066-9531,00-MORRE+PARTICIPANTE+DO+BIG+BROTHER+INGLES+QUE+LUTOU+CONTRA+O+CANCER.html

Fãs deixam flores e fazem homenagens a ex-BB morta

Fãs colocam flores em frente a casa de Jade Goody
Getty Images

A morte de Jade Goody parou o Reino Unido. Fãs se reuniram em frente à casa da ex-BB para fazer homenagens póstumas a ela.

Inúmeras flores foram deixadas em frente ao muro da residência.

Um fã deixou um coração com os dizeres. “Você talvez não tenha descoberto onde East Anglia era, mas com certeza soube o caminho para nossos corações”, escreveu fazendo referência a uma situação no Big Brother quando Jade mostrou desconhecimento geográfico.

O marido, Jack Tweed, e a mãe, Jackiey Goody, da sister ficaram impressionados com as exibições de carinho do público. Muitas vezes eles saiam ao portão para ver as demonstrações dos fãs.

Kevin Adams, amigo de Jade, foi até a casa da família dar apoio a Jackiey e Tweed.

Redação Terra
http://diversao.terra.com.br/gente/interna/0,,OI3650000-EI13419,00-Fas+deixam+flores+e+fazem+homenagens+a+exBB+morta.html

Morre Jade Goody, inglesa que fez de seu câncer um reality show
Inglesa participou do programa de televisão Big Brother em 2002

Morreu hoje, aos 27 anos, a inglesa Jade Goody, que ficou conhecida na versão britânica do programa de televisão Big Brother, em 2002, e que transformou seus últimos meses de um câncer terminal em um verdadeiro “reality show”, cujos episódios vendeu para deixar dinheiro para os filhos.

Jade morre em casa, junto com o marido, com quem se casou recentemente em cerimônia cujas imagens vendeu com exclusividade a uma revista de fofocas, e com seus dois filhos, de quatro e cinco anos, ambos de um casamento anterior.

Em 2008, ela havia sido chamada para uma versão indiana do Big Brother, quando soube que sofria de um câncer cervical que se estendeu rapidamente para o fígado e o intestino, sendo desenganada pelos médicos.

Durante seus últimos dias no hospital Royal Marsden, de Londres, Goody foi batizou seus dois filhos, para quem deixou o dinheiro ganho com a publicidade que vendeu de sua doença.

– Minha formosa filha descansa já em paz – comentou sua mãe, Jacqiey Buden, após a divulgação de sua morte.

A lenta agonia de Jade Goody alimentou durante as últimas semanas os tablóides sensacionalistas e até a imprensa séria da Inglaterra, contagiada por esse fenômeno e que parecia não cansar de render fotos da moça careca pela quimioterapia.

Goody, que tratou de aproveitar ao máximo os poucos dias que lhe restavam de vida, segundo ela própria, casou-se em 21 de fevereiro -um mês antes de morrer- com Jack Tweed, um jovem de 21 anos que se encontrava em liberdade vigiada por agredir um adolescente.

Por intervenção pessoal do Ministério do Interior, o juiz concedeu a ele uma permissão especial para não retornar à casa de sua mãe como todas as noites, em cumprimento de sua condenação, para poder passá-la junto com a noiva.

A união de Goody com Jack Tweed foi celebrada em um hotel da de Hatfield Heath, em Hertfordshire, no condado de Essex, com acesso proibido a fotógrafos e repórteres, exceto da revista de fofocas “OK!” e da emissora “Living TV”, às quais a noiva vendeu a cobertura exclusiva de seu casamento por 1,1 milhões de euros (cerca de R$ 3,3 milhões).

O casamento foi filmado como parte de um documentário sobre a jovem, que, segundo os amigos dela, ajudará a conscientizar outras mulheres sobre a importância de se submeter a testes capazes de diagnosticar seu tipo de câncer.

Goody estipulou que o dinheiro obtido com a cobertura exclusiva de seu casamento e o batismo deles -e dela própria- se destinasse à educação de seus filhos, uma vez que eles ficassem órfãos.

Antes de morrer, Jade Goody disse aos que a rodeavam que desejava que seu funeral fosse uma “celebração de sua vida”, como explicou seu relações públicas, Max Clifford.
— Ela quer que seja uma grande festa, porque será seu adeus definitivo a todos — acrescentou Clifford, que a classificou como “a primeira estrela mundial da ‘telerrealidade'”.

http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Mundo&newsID=a2449036.xml

Dado Dolabella é preso por se aproximar de Piovani

O ator Dado Dolabella chegou à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), no Centro do Rio, no começo da noite desta terça-feira, para prestar depoimento. Após isso, o ator será transferido para uma das unidades da Polinter.

Segundo a delegada Inamara Costa, diretora da Deam, ele descumpriu uma determinação judicial de não se aproximar da ex-namorada Luana Piovani. Os dois ficaram próximos no desfile das escolas campeãs do Carnaval do Rio, no Camarote da Brahma.

Em novembro do ano passado, o I Juizado de Violência Doméstica do Rio determinou que o ator deveria ficar a, no mínimo, 250 metros de distância de Luana Piovani e estava proibido de manter contato com a atriz por qualquer meio de comunicação. Dado descumpriu a determinação no sábado após o Carnaval ,durante desfile das Campeãs no Sambódromo, ao ficar próximo da atriz no camarote da Brahma.

Em outubro, Luana prestou queixa contra o ator depois de uma suposta agressão em uma boate na Gávea, na Zona Sul do Rio. O laudo do exame de corpo de delito do Instituto Médico Legal (IML) confirmou que a atriz sofreu uma lesão leve.(O Dia)

http://www.diariodopara.com.br/noticiafull.php?idnot=34596

Clodovil Hernandes morre após parada cardíaca
Deputado federal, estilista e apresentador de televisão faleceu na tarde desta terça-feira, vítima de um AVC

Deputado federal, estilista e apresentador de televisão faleceu na tarde desta terça-feira


(Foto: Cedoc/ Rac)


O deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP), 71 anos, morreu s 18h45 de hoje (17), com uma parada cardíaca. A informação é do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, onde Clodovil estava internado desde a última segunda-feira (16) quando teve um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

A morte cerebral do deputado foi confirmada pela equipe médica, hoje s 16h, mas estava ele sendo mantido vivo por meio de equipamentos para permitir a retirada de órgãos para doação e a parada cardíada ocorreu justamente quando ele estava sendo preparado para o procedimento. O diretor do hospital, Cícero Henrique Dantas Neto, disse que desde o início da manhã o deputado começou a apresentar sinais de morte cerebral.

Não sabemos a hora exata, foram realizados três tipos exames para confirmar a morte, sendo que o último foi feito s 15h45. Nós tomamos todas as medidas necessárias para que houvesse a recuperação de Clodovil, explica.

Ontem (16), depois do AVC, Clodovil foi levado para o hospital Santa Lúcia pela equipe médica da Câmara dos Deputados em estado grave.

Segundo Cícero Neto, ele foi entubado e teve os sinais vitais retomados. Ele chegou ao hospital inconsciente. Foi submetido a uma tomografia que mostrou um intenso e volumoso hematoma intracraniano. Um cateter foi implantado para drenagem do hematoma, mas infelizmente não houve evolução satisfatória, informou.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital o corpo de Clodovil seguirá para capital paulista, onde será velado na Assembléia Legislativa do Estado, amanhã (18) s 8h30. O enterro será no Cemitério do Morumbi, mas o horário ainda não está definido.

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, divulgou a pouco uma nota de pesar pelo falecimento do deputado manifestando solidariedade aos seus parentes, amigos e correligionários.

O texto diz que Clodovil ‘ficou conhecido pela maneira direta de se expressar e pelas idéias polêmicas que defendeu’ e lembra que mesmo tendo entrado ‘tardiamente na vida política provou que tinha muitos adeptos, uma vez que foi terceiro deputado federal mais votado no Estado de São Paulo’.

Órgãos não poderão ser doados, diz hospital

O hospital Santa Helena anunciou hoje, por meio de nota, a impossibilidade da doação dos órgãos do estilista e deputado Clodovil Hernandes (PR-SP), que teve morte cerebral confirmada nesta tarde em Brasília e estava sendo mantido vivo por equipamentos. Segundo o comunicado, ele sofreu uma nova parada cardíaca e morreu às 18h50, o que impede a doação, segundo o hospital. A nota afirma ainda que o Dr. Lúcio Lucas, da Central de Doações de Órgãos do Distrito Federal, avalia se há condições de fazer a doação das córneas do deputado

Um dos mais famosos estilistas e apresentadores do Brasil, Clodovil foi o terceiro deputado federal mais votado do País nas eleições de 2006, com 493.951 votos. Morto hoje, aos 71 anos, em consequência de um acidente vascular cerebral (AVC), Clodovil concluiu uma biografia que teve na polêmica uma das principais marcas registradas.

Filho de pais adotivos, Clodovil nasceu em 1937, na cidade de Elisário, interior de São Paulo. Aos 20 anos, se mudou para a capital paulista e logo se firmou como costureiro das celebridades, entre elas Elis Regina, Cacilda Becker e as famílias Diniz e Matarazzo. Na década de 1990, passou a se dedicar somente à televisão, comandando programas como o ‘TV Mulher’, na Rede Globo, junto com Marta Suplicy, ex-prefeita de São Paulo e ex-ministra do Turismo. Clodovil passou também pelas redes Manchete, Gazeta e RedeTV.

Alvo de diversas acusações de racismo, o deputado e apresentador chegou a dizer em uma entrevista, em 2005, que perdera a conta de quantos processo respondia. Em 2004, em um de seus programas, Clodovil chamou a então vereadora de São Paulo Claudete Alves (PT-SP) de ‘macaca de tailleur metida a besta’. No ano seguinte, disse à deputada Cida Diogo (PT-RJ) que atualmente ‘as mulheres trabalham deitadas e descansam em pé’. Ele chamou também a deputada de ‘mulher feia’.

Eleito pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC-SP), Clodovil deixou a legenda em 2007 para integrar os quadros do Partido da República (PR-SP). Acusado de infidelidade partidária, foi absolvido por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na quinta-feira passada. O suplente Jairo Paes Lira, do PTC de São Paulo, assumirá a vaga do parlamentar.

Corpo de Clodovil será velado e sepultado amanhã em São Paulo

O corpo do deputado Clodovil Hernandes (PR-SP) será velado e sepultado amanhã (18),em São Paulo. Segundo nota do PR, o velório terá início s 10h30, na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, e o corpo do deputado será sepultado s 17h, no Cemitério do Morumbi.

Ao comentar a morte de Clodovil, o líder do governo na Câmara dos Deputados, Henrique Fontana (PT-RS), lamentou a perda para o Brasil e para o Parlamento. O Brasil perde um cidadão que marcou sua história defendendo suas posições e exercendo seu papel enquanto brasileiro, não só como parlamentar.

Para o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), a passagem de Clodovil Hernandes pela Casa foi de muita presença. Segundo ele, o deputado tinha muita personalidade, e isso, s vezes, gerava constestações. Temer disse que, embora tivesse personalidade forte, Clodovil era, ao mesmo tempo, muito suave nas amizades e nas relações que mantinha com todos os colegas de Parlamento.
http://www.cosmo.com.br/noticia/23920/2009-03-17/clodovil-hernandes-morre-apos-parada-cardiaca.html

Clodovil fez da polêmica sua marca registrada

Um dos mais famosos estilistas e apresentadores do Brasil, Clodovil Hernandes foi o terceiro deputado federal mais votado do País nas eleições de 2006, com 493.951 votos. Morto nesta terça-feira (17), aos 71 anos, em consequência de um acidente vascular cerebral (AVC) Clodovil concluiu uma biografia que teve na polêmica uma das principais marcas registradas.

Filho de pais adotivos, Clodovil nasceu em 1937, na cidade de Elisário, interior de São Paulo. Aos 20 anos, se mudou para a capital paulista e logo se firmou como costureiro das celebridades, entre elas Elis Regina, Cacilda Becker e as famílias Diniz e Matarazzo. Na década de 1990, passou a se dedicar somente à televisão, comandando programas como o “TV Mulher”, na Rede Globo, junto com Marta Suplicy, ex-prefeita de São Paulo e ex-ministra do Turismo. Clodovil passou também pelas redes Manchete, Gazeta e RedeTV.

Alvo de diversas acusações de racismo, o deputado e apresentador chegou a dizer em uma entrevista, em 2005, que perdera a conta de quantos processo respondia. Em 2004, em um de seus programas, Clodovil chamou a então vereadora de São Paulo Claudete Alves (PT-SP) de “macaca de tailleur metida a besta”. No ano seguinte, disse à deputada Cida Diogo (PT-RJ) que atualmente “as mulheres trabalham deitadas e descansam em pé”. Ele chamou também a deputada de “mulher feia”.

Eleito pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC-SP), Clodovil deixou a legenda em 2007 para integrar os quadros do Partido da República (PR-SP). Acusado de infidelidade partidária, foi absolvido por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na quinta-feira passada.

Fonte: JC
http://natelinha.uol.com.br/2009/03/17/not_21266.php

Coronel da PM paulista assume vaga deixada por Clodovil

Agência Estado

O coronel Jairo Paes de Lira deverá assumir o cargo de deputado federal na vaga deixada pelo deputado Codovil Hernandes (PR-SP), que teve morte cerebral atestada nesta terça-feira pela equipe médica do Hospital Santa Lúcia, em Brasília.

O coronel Jairo Lira, que comandou o 3º Batalhão de Choque, participou da última eleição para deputado federal pelo PTC e ficou como primeiro suplente do partido. Ele obteve menos de sete mil votos.

Tão logo a Câmara seja comunicada oficialmente da morte do deputado Clodovil e receba a cópia do atestado de óbito, o suplente Jairo Lira será convocado imediatamente para assumir a vaga. Se isso não ocorrer, ele terá até 30 dias para assumir o mandato ou poderá pedir mais 30 dias de prazo.

http://atribunadigital.globo.com/bn_conteudo.asp?cod=402947&opr=72

Serra lamenta morte de Clodovil Hernandes

Agência Estado

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), lamentou nesta terça-feira (17) a morte do deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP). “Clodovil foi um político, um comunicador, um homem polêmico”, disse o governador, ao ser avisado pela imprensa da confirmação da morte cerebral do deputado, aos 71 anos, em consequência de um acidente vascular cerebral (AVC).

Serra destacou a conquista por Clodovil do mandato de deputado federal, “com muitos votos”, e prestou condolências à família do político. “Eu tinha uma boa relação com Clodovil. Foi realmente uma pena”, lamentou. Um dos mais famosos estilistas e apresentadores de TV do Brasil, Clodovil foi o terceiro deputado federal mais votado do País nas eleições de 2006, com 493.951 votos.
http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=252165&modulo=963

Clodovil caiu depois de sofrer um AVC, segundo médicos

Deputado está internado em estado grave em Brasília.

Médicos fazem retirada de coágulos por meio de um catéter.

Do G1, com informações da Globo News

O deputado federal Clodovil Hernandes, do Partido da República (PR), foi internado na manhã desta segunda-feira (16), na UTI de um hospital particular de Brasília (DF). Segundo os médicos, o parlamentar sofreu um acidente vascular cerebral (AVC), caiu e bateu com a cabeça. Ele foi encontrado desacordado por um assessor parlamentar.

Os médicos informaram que Clodovil teve uma hemorragia no lado esquerdo do cérebro e, em princípio, não há como fazer uma cirurgia. Eles estão fazendo a retirada de coágulos por meio de um catéter. O estado de saúde do deputado é considerado grave e ele está sedado e com a pressão alta.

Caso anterior

Clodovil já foi vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) de “leve intensidade” em junho de 2007. Ele ficou sete dias internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Em maio do mesmo ano, ele passou por um cateterismo na Clínica Santé. O parlamentar ficou internado com suspeita de dengue na mesma clínica, em março.
http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1044547-5601,00.html

Jade Goody deixa hospital em Londres


Da EFE

Londres, 11 mar (EFE).- Jade Goody, ex-participante do “Big Brother” britânico e doente de um câncer terminal que está vendendo à imprensa sensacionalista suas últimas semanas de vida, deixou hoje o hospital Royal Marsden, em Londres, onde estava ingressada.

Goody, de 27 anos, estava “desesperada” para voltar à sua casa em Upshire, no condado de Essex, no leste da Inglaterra, e foi levada de ambulância para cumprir seu desejo, informou seu representante, Max Clifford.

Ela, que teve a doença diagnosticada no ano passado, deixou o hospital na companhia do marido, Jack Tweed, e sob a supervisão de uma enfermeira.

A estrela do reality show britânico “quer passar tanto tempo quanto puder” com seu marido e seus dois filhos, Bobby, de cinco anos, e Freddie, de quatro, explicou Clifford.

Com a venda de sua agonia a vários meios de comunicação, ela pretende arrecadar dinheiro para seus dois filhos, que sabem que sua mãe está doente, mas ignoram que ela vá morrer.

No mês passado, Jade Goody realizou o último grande sonho de sua vida ao se casar com Jack Tweed, um jovem de 21 anos e agora em liberdade vigiada por agressão a um adolescente.

A namorada vendeu a cobertura de seu casamento por mais de 1,1 milhão de euros à revista “OK!” e à emissora de televisão “Living TV”. EFE

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1037877-5602,00-JADE+GOODY+DEIXA+HOSPITAL+EM+LONDRES.html

Ex-BBB quer morrer em frente as câmeras

Ela sempre teve um relacionamento conturbado com a mídia, mas atualmente a ex-participante dos programas Big Brother transmitidos na Inglaterra e Índia, Jade Goody alcançou status de santa moderna.

O caso é que a celebridade está à beira da morte e pretende levar tal tragédia ao público até as últimas circunstâncias. Jade foi diagnosticada quando ainda estava no confinamento do jogo, com um câncer cervical terminal que logo se espalhou para as regiões do fígado, intestino e virilha. Os médicos concluíram que ela tem somente, mais seis semanas de vida.

Enquanto muitos entrariam em depressão ou aproveitariam suas últimas horas, a desbocada e bem-humorada Jade Goody decidiu lucrar com a situação. As fotos do seu casamento com um ex-presidiário renderam mais de 1,4 milhões à família da noiva que nas imagens aparece completamente sem cabelos e junto aos 2 filhos pequenos.

Mas a determinação de Jane não para por aí, ela pretende também, morrer em frente às câmeras. Segundo a própria enfrentar esta etapa não será difícil. “Eu vivi em frente às câmeras e agora talvez eu morra na frente delas. E eu sei que algumas pessoas não vão gostar, mas a esse ponto eu realmente não me interesso com o que os outros pensam. Agora, é o que eu quero”. Revelou a ex-bbb.

Resta saber qual emissora apostará nesta cobertura pra lá de mórbida.
Veja abaixo, a capa da revista Ok Magazine com Jane, marido e filhos.

http://imirante.globo.com/plantaoi/plantaoi.asp?codigo1=193117

Michael Jackson liga para ex-BB inglesa com câncer terminal

Do EGO, no Rio
A ex-BB inglesa Jade Goody, que luta contra um câncer terminal, recebeu um telefonema de Michael Jackson. Segundo o tablóide inglês “The Sun”, o cantor ligou para o hospital para lhe dar uma mensagem de apoio. A ex-BB, que negociou com canais de TV a exibição de seus últimos dias, disse ter ficado surpresa com a ligação e contou que o cantor prometeu ingressos para ela e sua família verem seu show, que estreia em Londres no mês de julho.

 https://i0.wp.com/ego.globo.com/Gente/foto/0,,18827468-EXH,00.jpg

“Quando ela soube que Michael Jackson estava no telefone, ela usou todas as forças para poder conversar”, disse uma fonte.
http://ego.globo.com/Gente/Noticias/0,,MUL1036474-9798,00-MICHAEL+JACKSON+LIGA+PARA+EXBB+INGLESA+COM+CANCER+TERMINAL.html

Site divulga suposta foto de Rihanna após agressão

<!–

–>

Do Diário OnLine

ReproduçãoO site de fofocas TMZ divulgou uma foto que seria da cantora Rihanna logo após ela ter sido agredida pelo namorado, o também cantor Chris Brown. Na imagem, a artista aparece com o rosto inchado e cheio de arranhões.

Apesar da autenticidade não ter sido confirmada, a polícia de Los Angeles divulgou um comunicado informando que abriu uma investigação interna para apurar “a divulgação não-autorizada de uma fotografia de violência doméstica”.

No último dia 8, Brown se entregou à polícia de Los Angeles sob acusação de ter agredido a namorada. O episódio ocorreu em meio à cerimônia do Grammy, na qual ambos iriam se apresentar. Suas participações foram canceladas na última hora.

Nos dias seguintes, Rihanna adiou vários shows, enquanto o cantor divulgou uma nota pedindo desculpas pelo ocorrido, apesar de dizer que “muito do que vem sido especulado e publicado está errado”.