O negro na TV brasileira é tema do Vitrine desta semana

Publicado: 19 de novembro de 2009 em Cultura, Vitrine

https://i0.wp.com/www2.tvcultura.com.br/vitrine/imagens/fundo-tela-topo.jpg
O negro na TV brasileira é tema do Vitrine desta semana

Uma homenagem ao maestro Heitor Villa-Lobos e uma reportagem sobre a influência das redes sociais na vida das pessoas completam a edição do programa que leva para o telespectador os bastidores da comunicação

O Vitrine deste sábado (21/11), às 19h, na TV Cultura, presta homenagem à Semana da Consciência Negra com uma reportagem que avalia o momento atual dos negros na mídia brasileira. Um dos exemplos mais relevantes é a escolha da atriz Taís Araújo como protagonista da novela Viver a Vida, de Manoel Carlos, no horário nobre da TV Globo .

Para conversar sobre o assunto, o Vitrine entrevista o jornalista e publicitário Maurício Pestana, primeiro e mais conhecido chargista negro do Brasil, que começou sua trajetória dentro do movimento pela igualdade racial. Pestana teve presença marcante em várias publicações nacionais e internacionais e produziu diversas cartilhas e livros sobre a questão racial no Brasil. Foi aí que se tornou referência na arte de educar e conscientizar por meio de desenhos e humor. E foi o que gerou reconhecimento e convites para palestras internacionais.

O Vitrine também presta homenagem ao cinquentenário de morte do compositor Heitor Villa-Lobos.Duas matérias lembram o grande maestro. O apresentador Rodrigo Rodrigues vai até o Museu Villa-Lobos (RJ) e, por lá, conversa com um dos maiores entendedores da vida do maestro, o diretor da instituição Turíbio Santos. Ele mostra documentos importantes, partituras, objetos pessoais e instrumentos musicais que pertenceram ao grande compositor brasileiro. O programa mostra também os bastidores de uma intervenção realizada pela Rádio Cultura, em homenagem ao compositor, que aconteceu na Estação da Luz, em São Paulo.

E direto de Nova Iorque, uma reportagem sobre a influência das redes sociais na vida das pessoas. Quem fala sobre o assunto é Andrew Keen, um escritor inglês que já coleciona inimigos no mundo da tecnologia. Segundo ele: “a mídia social deveria tornar as pessoas mais sociais, mas elas estão se tornando mais narcisistas”. Apesar de ser um dos pioneiros da internet, Andrew hoje é uma voz dissonante no mundo da tecnologia da informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s