Resumo da semana da novela Poder Paralelo 16 a 20/11/2009

Publicado: 16 de novembro de 2009 em Novela, Poder Paralelo, Record
Tio Sam NewsTio Sam News

Resumo da semana da novela Poder Paralelo

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora – Os capítulos que vão ao ar estão sujeitos a eventuais reedições.

Segunda-Feira, 16 de novembro de 2009
Jornalistas pressionam Bruno

Valdemar fica nervoso, quando Felício pergunta a ele quem é Guri.Valdemar diz que o nome de Guri é Luis Moura Filho e afirma que não sabe se ele matou o pai. Felício fica encucado. Paulo alerta Tony de que há fortes indícios que levam a crer que o Bruno não é o mentor dos crimes. Silvio garante a Domi e Felipe que não é traíra.

Renato fica animado com o que Felício descobriu sobre Guri. O delegado Antunes vai até a casa de Maura à procura de Pedro, e diz a Rafael que ele precisa prestar esclarecimentos sobre o caso, já que deu cobertura a uma assassina. Rafael presta depoimento à polícia. Ao entrar no hotel, Bruno é surpreendido por fotógrafos e jornalistas, que lhe enchem de perguntas.

Vânia cuida de Bruno. Diva, mãe de André, diz a Luisa que ela não foi uma boa esposa e pede que não vá ao enterro. Tony conta a Téo a história de Guri. Fernanda fala para Tony que Lígia quer marcar uma entrevista com ela. Ele revela que Lígia está desconfiada de que os dois estejam se envolvendo. Vânia serve uma bela refeição para Bruno, que adora.

Maura afirma ao delegado Antunes que não sabe onde Pedro está. Nina sente cólica e fica preocupada. Dulce diz a Maura e Rafael que vai encontrar Pedro e levar dinheiro e comida para ele. Dog visita Gigi, mas confessa a ela que vai ver Luisa também. Dulce arma um plano para visitar Nina e Pedro, sem que a polícia saiba. Luisa libera Lurdes para viajar com Dulce. Fernanda vai até o apartamento de Lígia. As duas se cumprimentam, cordialmente.

Terça-Feira, 17 de novembro de 2009
Lígia desconfia de Fernanda

Há duplo sentido em quase tudo o que Lígia e Fernanda conversam. Fernanda conta a Lígia que se apaixonou por um homem casado. Lígia está nervosa, agora tem quase certeza de que Fernanda é a mulher com quem Tony está se envolvendo. Tony entra de roupão na sala e para assustado, ao ver Fernanda. Luisa diz a Bruno que quer conversar sobre os direitos dela no hotel.

Lígia sai, intencionalmente, da sala e deixa o gravador atrás de um objeto. Depois de trocar algumas palavras suspeitas com Fernanda, Tony se toca que o gravador estava ligado. Nina e Pedro estão preocupados, porque o dinheiro que eles têm está acabando. Lurdes convida Dulce, por telefone, para viajar a Santos. A conversa foi armada para despistar a polícia sobre o paradeiro de Nina e Pedro, visto que o telefone da casa de Maura está grampeado.

Antunes avisa a Renato que achou a pista de Pedro. Renato fala para Téo que existem dois Luís Moura Filho que estão nos arquivos da polícia, e ressalta que os dois batem em idade com Bruno. Téo e Felício vão até a casa de Carlão, irmão de um Luís Moura Filho. Os dois descobrem que Luís morreu há muito tempo e o pai dele foi assassinado.

Wagner delira e diz, dormindo, que não matou André. Rafael e Maura chegam a um hotel serrano. Um policial chega logo atrás e pede algumas informações à recepcionista. Maura e Rafael trocam juras de amor. Paulo observa Wagner que, inconscientemente, diz que matou André. Pedro e Nina ficam felizes, ao verem Lurdes e Dulce. Fernanda revela a Tony que foi fraca ao ter ido à casa de Lígia para se certificar que o casal vive bem.

Lígia afirma a Tony que o ama muito e vai enfrentar Fernanda. Luisa avisa a Bruno que vai ser a nova diretora do Hotel Diana. Ela garante a Bebel que não vai demiti-la por enquanto. Luisa fala para Dog que não pode viajar com ele, pois vai assumir o hotel. João vê Wagner estendido na mesa do sobrado, morto, com um tiro na testa. Sobre o peito dele, uma foto do Guri.

Quarta-Feira, 18 de novembro de 2009
Bruno obriga Rudi a entregar o irmão

Bruno vai a L`Omertà e pergunta a Rudi se ele já marcou o encontro com Tony. Bruno afirma a Rudi que, se ele não entregar o irmão, vai virar seu inimigo. Orlando, João e Mimi choram muito. O delegado Antunes analisa o corpo de Wagner. Lígia afirma a Tony que o ama muito e ressalta que ele terá que escolher entre ela e Fernanda. Lígia e Tony fazem amor como se fosse a última vez.

Rudi garante a Bruno que vai entregar Tony, para salvar o resto da família. Renato e Felício analisam o quarto da vítima. Felício acha um papel em que está escrito: “Dívida de Rodrigo. Total: 15 mil”. Rodrigo fica atônito, ao saber do assassinato de Wagner. Renato pede para Rodrigo explicar a dívida que ele tinha com Wagner.

Téo, Paulo e Tony tentam decifrar o mistério das mortes. Tony afirma a Téo e Paulo que vai atacar Bruno, mexendo nas contas dele no exterior. Ele marca um encontro com Armando. Bruno manda Baruel publicar uma matéria sobre a série de crimes, esclarecendo que ele não é o Guri. Rodrigo confessa a Renato que tirou dinheiro do caixa do hotel para pagar a faculdade, e Wagner o obrigou a devolver.

Lurdes chora, ao saber da morte de Wagner. Bruno ouve a conversa entre Tony e Armando, e manda Khalid matar o ex-sogro. Teresa volta para o Brasil, depois de saber da morte de Freda. Dulce dá dinheiro a Nina e diz a ela que Pedro precisa voltar para São Paulo, pois está sendo acusado de matar dois policiais.

Rudi liga para Tony e diz a ele que descobriu onde Bruno guarda suas armas. Tony conta a Caló que Rudi está arrependido, e vai ajudá-lo a agir contra Bruno. Caló fica desconfiado. Rudi se arrepende de ter entregado Tony para Bruno.

Quinta-Feira, 19 de novembro de 2009
Tony é mantido algemado

Neide destrata Vânia e Armando a demite da agência. Irritada, Neide chama Armando de burro e diz que Bruno ouviu a conversa dele com o Tony, na chácara. Luisa fica chocada, ao saber que Rodrigo deu um desfalque de R$ 15 mil no hotel. Armando diz a Renato que precisa de sua ajuda. Ele conta a Renato, Felício e Marília que Bruno deu ordens para seus capangas o matarem. Bruno e seus capangas chegam à L `Omertà.

Tony sai do esconderijo para encontrar Rudi. Fernanda sente que é a última vez que vai estar com Tony. Ele chega à boate e um homem de Khalid, disfarçado de barman, avisa que Rudi está para chegar. Seguranças de Tony são rendidos por homens de Khalid, em frente à boate. Tony bebe o vinho que o barman disfarçado lhe dá e fica zonzo. Ele percebe que caiu em uma armadilha.

Rudi surge e, diante de Tony, manda matarem o irmão. Bruno aparece e fala que Tony vai ficar vivo até a hora que ele quiser. Tony é obrigado a desviar dos tiros que Khalid e seus homens dão. Armando revela a Renato, Felício e Marília que Bruno tem um infiltrado na Polícia Federal. Ele exige proteção da polícia, do contrário não vai contar o que sabe.

Quando Bruno já está com a arma apontada para Tony, Khalid o convence a vendê-lo para os colombianos das FARC. Bruno diz a Tony que, se ele lhe der bom lucro, ficará vivo. César manda Renato encontrar um esconderijo seguro para Armando. Téo fala para Renato que Armando pode ficar escondido na casa dele. Rodrigo conta a Lurdes, João e Orlando que roubou dinheiro do hotel e Wagner o recriminou.

Bruno fica furioso, ao saber que Neide contou a Armando que ele descobriu a traição. Renato, Felício e Marília levam Armando para o apartamento de Téo. Vânia e Neide discutem. Cristiane, recepcionista do hotel, diz a Bruno que o Armando saiu do hotel com policiais. Bruno manda seu infiltrado na Polícia Federal localizar Armando. Tony é mantido algemado.

Sexta-Feira, 20 de novembro de 2009
Teresa e Paulo se beijam, apaixonados

Téo, Paulo, Sérgio, Lucas, Tucci, Silvio e cinco seguranças invadem a L`Omertà. Rudi conta a Caló que selou a paz com Bruno e tirou a família Castellamare da guerra. Caló sai furioso à procura de Tony e expulsa Rudi da chácara. Tony agradece a Khalid por deixá-lo vivo. Khalid deixa claro que ele só está vivo, porque pode valer muito, pois tem muitas informações. Paulo revela a Téo que localizou Tony pelo chip. Téo descobre, então, que Paulo também é da DEA.

Khalid diz a Tony que, se algum de seus companheiros aparecer, ele morre. Paulo confessa a Téo que Tony está trabalhando sem a autorização do governo brasileiro e, por isso, ninguém pode saber que ele é da DEA. Fernanda fica nervosíssima, ao saber que Bruno pegou Tony. Tony permanece preso pelos pulsos, ao teto do galpão. Santana diz ser Guri é o assassino de Juraci, Freda, André e Wagner.
Luisa exige que Bruno fique um tempo sem frequentar o Hotel

Diana. Helena e Iago tentam controlar Santana, que repete insistentemente ser Guri. Marília escuta Baruel pedindo informações sobre Armando a uma fonte da Polícia Federal. Dog vai até o hotel e fica impressionado com a seriedade de Luisa no trabalho.

Nina faz uma pequena festa surpresa para Pedro comemorar seus 18 anos, com a ajuda de Dulce. Khalid trata Tony muito mal. Santana vai até o hotel, revela que é Guri e pede desculpas a Luisa por ter matado André. Tereza e Paulo se beijam com amor, cheios de saudade. Tereza conta a Paulo que Caló está desconfiado de que Rudi sabe alguma coisa sobre o desaparecimento de Tony.

Tony tenta convencer Khalid a soltá-lo. Ele garante ao paquistanês que pode levá-lo para as montanhas da Sicília, onde ele ficará tranquilo. Khalid coloca Tony para dormir junto a um cavalo. Tony encosta-se na parede, com muito medo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s