Repórter Record: o drama de mães com filhos desaparecidos

Publicado: 16 de outubro de 2009 em Record, Repórter Record
Repórter Record: o drama de mães com filhos desaparecidos

Repórter Record | 19/10 seg 23h00 (Feriado) | Rede Record – Jornalismo |

O Repórter Record da próxima segunda-feira (19/10, às 23h) conta o drama das famílias marcadas pelo desaparecimento de uma criança. Uma jornada de fé e dedicação de mães tomadas pela certeza de que vão voltar a ver os filhos a qualquer momento.

A reportagem mostra o sofrimento de Francisca, que largou o emprego para se dedicar exclusivamente em procurar pelo filho Hugo, desaparecido há dois anos. Em casa, um gesto simboliza sua esperança: o quarto de Hugo permanece arrumado exatamente do jeito que estava no dia em que ele desapareceu.

Silvana Junqueira, espera pelo retorno do filho Diego há 13 anos. O menino foi levado por assaltantes, que fizeram o avô dele refém. Ivanize Espiridião transformou a busca pela filha desaparecida há 13 numa causa de milhares de outras mães, fundando a Mães da Sé, uma instituição que reúne sete mil casos como o dela.

Estima-se que o número de crianças desaparecidas no Brasil chegue a 50 mil por ano. Ativistas como Ivanize e Arlete Caramês, fundadora da Credispar (Movimento Nacional em Defesa das Crianças Desaparecidas do Paraná), trazem a público uma pergunta até hoje sem resposta: se existe um cadastro nacional para veículos roubados, por que não há algo semelhante para crianças desaparecidas?

Apenas dois estados possuem delegacias especializadas em desaparecidos: Minas Gerais e Paraná. A reportagem conhece como funciona o distrito de Curitiba. Em São Paulo, descaso e insensibilidade. O Repórter Record flagrou o desconhecimento de escrivães e delegados sobre a lei que obriga a Polícia a registrar o desaparecimento de menores de idade, no momento em que a família presta queixa. No caso de adultos, este prazo pode chegar a 24 horas.

A equipe de reportagem embarca para a Itália junto com uma mãe que não vê a filha há 22 anos. As pistas indicam que ela mora perto de Milão.

Durante toda a edição do Repórter Record, o telespectador pode participar com informações e dicas sobre o paradeiro de meninos e meninas mostrados durante o programa. Basta acessar o portal http://www.R7.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s