Vitrine: Danni Carlos, Dr Hollywood e Netinho

Publicado: 9 de outubro de 2009 em Cultura, Vitrine
Reality Show foi uma maneira de fazer retiro ganhando dinheiro, conta Danni Carlos no vitrine

Programa também traz entrevista com Robert Ray, o Dr. Hollywood da Rede TV! e bastidores do quadro Um Dia de Princesa, do programa do Netinho, no SBT

A artista multimídia Danni Carlos, finalista do reality show A Fazenda, da Rede Record, bate um papo animado com Rodrigo Rodrigues na edição de sábado (10/10) do Vitrine, exibido pela TV Cultura a partir das 21h30.

A atriz e cantora fala sobre rock”n”roll, fama e televisão, diz que gosta de multiplicidade em sua vida, e comenta seu disco de estreia, Rock’n’ Road, que vendeu mais de 80 mil cópias, com releituras de clássicos da música pop norte-americana. Sobre sua participação em A Fazenda, se mostra bem prática e sincera: “O reality foi uma maneira de fazer retiro ganhando dinheiro, porque normalmente não posso me dar a esse luxo”.

Na mesma edição, o programa mostra quem são e como trabalham os integrantes do grupo de artistas multimídia – também conhecido por coletivo – Laborg, criadores das novas vinhetas que farão parte da programação visual da TV Cultura. Com água, tinta, glicerina e outros materiais, eles criam um universo de cores e formas em constante movimento, os chamados drops visuais.

Ainda no universo da televisão, Rodrigo Rodrigues conversa com Robert Ray, o médico brasileiro que faz sucesso internacional com a série Dr. Hollywood, exibida pela Rede TV! E Sabrina Parlatore invade os bastidores do quadro Um Dia de Princesa, do programa Show da Gente, com Netinho, no SBT.

Vitrine traz também o making of da segunda temporada da série Filhos do Carnaval, da HBO, que acaba de estrear em toda a América Latina. Realizada no Brasil pela O2, com sete episódios, tem direção geral de Cao Hambúrguer. O custo aproximado foi de 7 milhões de reais.

Para fechar, uma homenagem aos 40 anos do filme Easy Rider (Sem Destino), o pai dos Road movies – os filmes de estrada, que marcou a ascensão e queda da cultura hippie, no finalzinho dos anos 60.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s