Ação mostra a beleza do artesanato com o capim dourado do Tocantins

Publicado: 28 de agosto de 2009 em Ação, Globo
Ação | 29/08 sáb 07h40 | Globo – Social |

Série de programas comandados por Serginho Groisman que mostra como anda a situação educacional do Brasil e também discute a condição das escolas, seus maiores problemas e onde estão as soluções.


Ação mostra a beleza do artesanato com o capim dourado do Tocantins

População perpetua tradição dos índios, sábado, dia 29

O Ação deste sábado, dia 29, às 7h40, logo após o Globo Universidade, na Rede Globo, mostrará como os artesãos do Tocantins aprenderam a transformar o capim dourado em uma fonte de renda. Na região do Jalapão – que fica no extremo leste de estado, abrangendo 8 municípios – a população perpetua a tradição dos índios Xerente de utilizar o capim dourado como matéria-prima para o artesanato local. Símbolo do Tocantins e popular pela beleza e semelhança com o ouro, o capim conquistou nos últimos anos diversos adeptos por todo o país, aumentando assim a demanda das peças.

E com o aumento da procura, este negócio cresceu e se valorizou, mudando a vida de mais de 600 famílias da região. Ao falar deste impacto social, Dona Miúda – a mulher que resgatou esta prática indígena – se emociona ao relembrar como foi esta descoberta.

– Ele era o ouro do nosso sertão, brilhava como o ouro! – conta.

E para se aprofundar neste tema, o programa mostrará o trabalho de várias Ongs, associações e Instituições que desenvolvem atividades a fim de preservar e valorizar o cerrado brasileiro e sua população. Investindo na capacitação dos artesãos na área de gestão, design, utilização sustentável da matéria-prima, entre outras, a instituição contribui para o desenvolvimento destas comunidades, ajudando-as a melhorar seus produtos e assim, conquistar seus espaços no mercado.

Outra importante fonte de renda da região – especificamente nas proximidades do Parque Estadual do Jalapão – é o turismo. Por ser uma das áreas preservadas mais significativas do cerrado, esta região oferece como atrações turísticas a vida simples, as tradições indígenas e as belezas naturais, encantando e conquistando milhares de visitantes. E para atender a esta demanda, o Parque passou a oferecer capacitações especiais para que os jovens locais possam atuar como guias turísticos.

No estúdio, Serginho Groisman conversará com a ecóloga Isabel Fiqueiredo, do Instituto Sociedade, População e Natureza, para entender como funciona o trabalho desta entidade. Isabel vai explicar a importância de se educar a população em relação ao uso da matéria-prima vegetal.

– O que fazemos é trabalhar com a comunidade a melhor utilização dessa matéria, tentando minimizar este impacto na natureza – afirma.

O Instituto é um centro de pesquisa e documentação, que tem como objetivo principal a viabilização do desenvolvimento econômico com equidade social e equilíbrio ambiental.

O Ação vai ao ar aos sábados, logo após o Globo Universidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s