A Fazenda – Dani Souza está na roça

Publicado: 4 de agosto de 2009 em Record
A Fazenda | 05/09 qua 21h30 | Record – Reality Show |
Formação do Tá na Roça

O Reality show confina 14 celebridades em uma fazenda com mais de 150 mil m2. Quem resistir até o final entre bichos, plantações, desafios, intrigas e festas, leva o prêmio de R$ 1 milhão.

Dani Souza está na roça


Fugas das galinhas

Redação – A Fazenda

Na bela manhã de sol que faz em Itu, Pedrão e Dado sofreram para tocar as galinhas d’angola para dentro do galinheiro. Foi uma correria só.

O cantor sertanejo não estava muito paciente: “Vamos que hoje eu não to com paciência, vou meter o pé em vocês”, esbravejou um ranzinza Pedro.

Samambaia, o amor platônico de Pedro Leonardo

Júlio César Barros

Carlinhos da Silva falava com Pedro Leonardo sobre a relação entre os peões após A Fazenda. O comediante incentivou o cantor sertanejo a tentar uma maior aproximação de Danielle Souza, paixão do caçula da casa. Os peões tocaram muito violão e conversaram bastante nesta madrugada de quarta-feira.

“A Samambaia, você consegue ter contato com ela lá fora. Uma forma melhor de você investir, entendeu? Sem ser essa coisa chata aqui”, começou Carlinhos.

Pedro, por sua vez, revela ter uma paixão platônica. “Eu não tenho coragem não, Carlinhos”, comentou o rapaz com seu jeitão de caipira goiano.

E olha que Pedro ficou muito atraído pela bela morena Samambaia. “É fato, a única pessoa que eu senti aqui tesão de mulher foi a Dani. Nem a Mirella (Santos), cara. A Mirella é gostosa pra c*. É pele, sabe assim? É você bater com a pessoa”, comentou Pedro.

“A bunda da Mirella é linda. E as pernas dela? Ela de shortinho, de calça jeans. Mas a Dani é absurdo”, afirmou Carlinhos, que diz considerar Samambaia como sendo sua irmã.

“Danis” fazem as pazes, mas continuam debatendo

Dani Souza e Danni Carlos estão discutindo há quase duas horas. O estopim foi (mais) uma briga que Samambaia teve com Dado logo que ela saiu da academia.

A modelo tentou expor novamente que tinha ficado brava porque o ator achou que o episódio das ovelhas desta manhã foi “maldade”. “Nem aqui nem na China eu quero fazer mal para as pessoas”, afirmou Samambaia.

Os dois começaram a discutir e os demais peões se envolveram no debate. No fim, os homens se retiraram e as mulheres continuaram discutindo por horas a fio.

Os assuntos se repetiam – Dani Souza tentando explicar que não teve má intenção e Danni Carlos retrucando que entendia, mas que tinha prazer em executar a tarefa e que sabe que todo mundo tem defeitos.

As duas passaram da varanda para a sala e continuaram discutindo. Danni Carlos propôs fazer as pazes e as duas se abraçaram. Mas nem por isso deixaram de discutir. Num tom mais amistoso, as duas falaram de erros e acertos durante os mais de 60 dias de confinamento

Dani Souza e Danni Carlos discutem na varanda

Redação A Fazenda

O clima ainda é tenso nos ares de Itu. Na varanda as únicas representantes do sexo feminino conversam sobre suas trajetórias no jogo.

Dani Souza e Danni Carlos discutem a respeito da briga de mais cedo. A modelo explica para a caipira do rock seu nervosismo: “Meu negócio não é com você, é com o Dado”, disparou Samambaia.

A cantora tenta defender seu amigo de maneira camuflada e terminar a conversa: “Dani eu vou fechar minha boca, não vou falar mais nada”.

Mesmo assim, o papo continua. Na cozinha os rapazes jantam. Dado come sua tradicional salada com peixe e, reza antes de atacar o prato.

Dani Souza está na roça

Os peões enfrentaram seu décimo desafio semanal em mais de 60 dias de fazenda. O fazendeiro Pedro ficou de fora da competição, que foi disputada por Carlinhos, Dado, Dani Samambaia e Danni Carlos.

No campo de provas, os peões encontraram quatro fileiras de pilares de madeira, cada pilar com cerca de um metro de altura. Sobre estes pilares, cada peão teve que construir sua própria ponte, usando peças de encaixe. Ao mesmo tempo, tinham que ir atravessando a ponte.

O mais rápido e primeiro a se salvar foi Carlinhos. O segundo colocado, Dado Dolabella, também se livrou da roça no Desafio Semanal. Danni Carlos e Dani Souza foram para a segunda etapa para “disputar” uma vaga na roça.

Elas tinham que usar um celular para mandar um torpedo com uma frase pré-determinada. A mais rápida a escrever a mensagem,Danni Carlos, se salvou. Dani Souza foi para a roça.

Confira letra da canção em homenagem à Fazenda

Marcus Pepe

A galera que curte música e que está confinada no reality show tem tempo de sobra para tocar, cantar e compor. Nesses momentos livres, alguns músicos correm para o violão para fazer um som. Danni Carlos até já compôs algumas canções tendo como inspiração o belo visual da fazenda.

Hoje, com tempo de sobra antes do início do desafio semanal, Dado Dolabella sentou-se sozinho na sala, abraçou o violão e tocou uma canção que já havia começado a compor há alguns dias. A música fala sobre o cotidiano dos participantes e os apuros de quem vai para a roça. Confira a letra:

Na fazenda não dá pra ficar parado / O sol que marca a nossa hora / E o Zé acorda um por um

E vivemos todos em completo isolamento / Enquanto observam nosso comportamento / Esquece internet / Esquece televisão / A natureza é a nossa conexão

Esse é o jogo da realidade / Confia nele, investe / E ele mostra a verdade

Na fazenda não dá pra ficar parado / O sol que marca a nossa hora / E o Zé acorda um por um

De segunda a sábado / Tem muita atividade / A galera se divide por afinidade

De quarta-feira rola a votação / É muita adrenalina dentro do seu coração / Mas segura peão tem eliminação / E é domingo com britadeira de emoção

Na fazenda não dá pra ficar parado / O sol que marca a nossa hora / E o Zé agita um por um!

Peões participam da inseminação artificial da vaca

Juliana Damasceno

Os peões receberam a visita da zootecnista Fernanda, na manhã desta terça-feira. Ela deu continuidade à nova atividade dos participantes, que já teve início há alguns dias, com uma preparação: eles tiveram que acompanhar uma inseminação artificial em uma das vacas da Fazenda.

Dani Samambaia estava bem perto da especialista, e ajudou no processo lavando a parte traseira do animal. Ela também auxiliou o veterinário que acompanhou Fernanda, no momento de injetar o sêmen nos órgãos da vaca. Danni Carlos ajudou a secar, com uma expressão tensa: o cheiro da urina era fortíssimo.

Neste momento, uma pipeta já estava no útero da vaca, o que segundo Fernanda, evita a contaminação. E, naturalmente, o especialista retira uma grande quantidade de fezes de dentro do animal – o que causa espanto e nojo entre os peões, que mal conseguem controlar suas expressões sobre o que estão assistindo.

Fernanda explica que este processo requer treinamento e habilidade. Por esta razão, os peões apenas participam como auxiliares. “Existe o perigo de perfuração do útero”. Sob a supervisão dela, Dani Samambaia injeta o sêmen e diz que achou “tudo muito legal”. Clébis também acompanha os participantes nesta atividade.

Carlinhos questiona se, ao ser tocada em suas ‘partes íntimas’, a vaca sente prazer. “Como qualquer ser humano. Veja aqui”, explica o especialista, demonstrando ao comediante onde elas estão localizadas. O animal treme, e Danielle brinca. “Não diga isso ao Carlinhos! Coitada da vaca!”.

Os peões ficaram impressionados com a escolha do sexo pelo tipo de sêmem injetado no animal, a chamada sexagem. Eles também se espantaram como todo o processo ficou simples, graças à evolução da ciência. Dani Souza pega o material na mão e analisa, sem nenhum constrangimento ou repulsa. E todos observam admirados a facilidade dos especialistas em realizaram a inseminação.

Mais briga, mesmo na frente das visitas!

Carol Baggio

Dado retoma a discussão com Dani Souza pouco depois da primeira briga. Os dois não se intimidaram nem mesmo com a presença da zootecnista Fernanda, que visitou a fazenda para realizar a inseminação artificial numa vaca.

Dado chegou perto de Samambaia, que conversava com a zootecnista, e começou: “Já basta a patadinha que eu tomei ontem”. A morena não engoliu a provocação: “Patadinha? Depois da gente terminar o serviço você vai lá?”, referindo-se à limpeza da varanda na noite de ontem.

Primeiro Dado reclama: “De noite, onde já se viu lavar a varanda de noite?”. Carlinhos entra na história e concorda com a modelo, que limpou porque achou que estava muito sujo. “De ontem eu concordo com ela”.

Dado então diz que só tinha ido ajudar ontem. “Só fui ajudar, Danielle”, diz. “Eu achei que eu tava ajudando a secar, cara, com o rodo”, continua. Dani, ainda mais sem paciência com o jeito do ator, não se conteve: “Secar com o rodo depois da gente ter terminado? Deixa de ser cara de pau, Dado”.

Dado e Samambaia discutem e clima esquenta

Carol Baggio

Para quem pensa que com menos participantes a vida é mais tranquila no confinamento, a manhã de hoje prova o contrário. Dado e Dani Souza se desentenderam e o clima ficou tenso entre os peões.

A briga toda começou por causa de uma conversa que estava rolando na cozinha. Dado contou para Danni Carlos, no galinheiro, que discutiu com Pedro, dizendo que as tarefas têm que ser cumpridas por quem o fazendeiro determinou. “Quem pode ajudar a gente é o fazendeiro”, concorda a cantora, que se irritou com a ajuda de Dani Souza hoje pela manhã.

Carlinhos, que passava com Samambaia, ouviu o papo e comentou: “Vamos mudar o disco, ainda tá isso aí, pô?”. Já Samambaia, sem paciência, foi bem direta: “Ô Dado, comigo o discurso e suas ceninhas não funcionam. Faz o seu que que faço o meu”.

Visivelmente irritada, a modelo, conhecida por seu estilo meigo e jeito calado, não parou. “Não precisa sair da horta para ir lá falar comigo, se a Danni tiver alguma coisa comigo ela fala direto pra mim, não precisa você intermediar”.

Dado conquista cama de casal no par-ou-ímpar

Renata Mesquita

Como toda vez que sai um peão, o quarto coletivo foi remanejado nesta segunda-feira e ganhou uma cama de casal. Carlinhos se apossou do móvel, mas Dado também queria e pediu que eles tirassem na sorte. Sobrou para o sortudo das últimas semanas, claro. No par-ou-ímpar, o ator faturou mais essa.

Dado fez a dança do patinho

Dado venceu duas na melhor de três. O comediante não ficou nada feliz, no começo até disse que o ator tinha demorado para mostrar os dedos, mas se conformou. “Melhor de três não é quem fizer três primeiro?”, perguntou Mendigo, malandro.

Todo serelepe, Dado disse que sederia a cama se o fazendeiro da semana quisesse. Pedro respondeu que dormir em uma cama daquele tamanho sozinho não tinha graça. E criou uma musiquinha para tirar sarro da cara do amigo: “ele perdeu no par-ou-ímpar porque o Dado venceu. Tá virando pato, pato do Dado, tá virando pato, pato do Dado…” – para comemorar, o ator, claro, fez a dancinha do pato.

Danielle colocou mais lenha na fogueira: “Achei que vocês tivessem de dormir juntos…”

Quando a esmola é grande, Pedro desconfia

Redação – A Fazenda

Os peões ganharam comida! Danni Carlos se comunicou com a entidade “Zé”, a voz do microfone da produção e agradeceu, “Zé, obrigada! Você deu comida pra gente!!”. Porém, Pedro ficou desconfiado, “Como assim, vão dar comida pra gente?… Vem chumbo grosso, pode esperar. Primeiro, a faxina completa, e agora, comida. Não sei, não…”. Carlinhos concordou, “É, acho que estão aprontando alguma coisa”.

Danni Carlos deu um giro pelo jardim, abraçou o espantalho, e depois se juntou ao resto dos peões na varanda que comiam frutas deliciosas; cortesia do Zé!

Pedro é o fazendeiro escolhido pelo público

Redação – A Fazenda

Fabiana Alvarez escolheu Pedro e Dani Samambaia, ao deixar a sede da fazenda. E o público tinha a missão de eleger, entre os dois nomes, o novo fazendeiro da semana. E nessa acirrada disputa, deu Pedro, com mais de 66% dos votos. Ele terá a sorte de administrar a fazenda nesta decisiva semana, além de ganhar imunidade num momento importantíssimo do jogo.

Mas a sorte de ser escolhido pelos telespectadores traz responsabilidades bem mais sérias ao fazendeiro eleito. Ele terá pouquíssimas opções para votar em alguém na roça da próxima quarta-feira, dia 5 de agosto. Além disso, deverá destinar mais de uma atividade por peão, uma vez que agora restam apenas cinco participantes.

Apesar da garantia de permanecer mais uma semana na casa, Pedro terá um grande desafio – talvez o maior de toda a sua permanência, desde o início do reality show, em maio deste ano.

Danni Carlos se estressa por causa das ovelhas

Carol Baggio

As discussões começaram cedo na fazenda. Logo pela manhã, Danni Carlos foi reclamar para o amigo Dado Dolabella sobre a tarefa das ovelhas. Segundo a cantora, o sinal sonoro tocou apenas uma vez e ela se encaminhou para a atividade, mas quando chegou, Dani Souza já tinha levado as ‘meninas’ para o piquete.

Samambaia disse que levou as ovelhas porque elas estavam berrando e quis ajudar, mas a loira não gostou da atitude da morena, e desabafou: “Ai, meu Deus, muita tranquilidade”. Dado disse que a cantora deveria apenas agradecer.

Mas a loira não se deu por vencida: “Eu agradeci, mas eu falei, então já que você fez isso, dá pra limpar as alcaparras para mim?”, diz, entre uma pontinha de ironia e risos. Os nervos estão mesmo a flor da pele no confinamento.

Pilhas dos ‘outros’ incomodam cada vez mais Dado

Júlio César Barros

Dado Dolabella está para lá de incomodado com as pilhas dos “outros” competidores. E Danni Carlos exerce o papel de orientadora e protetora do ator carioca. A roqueira deu muitos conselhos ao amigo nesta madrugada de terça-feira, em A Fazenda.

Os “outros”, ou simplesmente “eles”, que Dado e Danni tanto falam são Pedro Leonardo, Danielle Samambaia e Carlinhos da Silva. E a “pilha” é a forma como eles se referem às provocações trocadas entre os peões. Os grupos estão mais do que nunca definidos e a casa está visivelmente dividida. O bicho tá pegando!

“A tua reação tá deixando eles loucos. Eles vão se matar, entendeu?”, previu a roqueira, na penumbra do quarto coletivo, onde conversava sussurando com Dado. E a cantora prosseguiu: “Eles não estão conseguindo te atingir. Veja a Dani (Souza), você fala mas tá dando uma boa resposta e não está sendo nem um pouco agressivo.”

“O negócio é classe, inteligência, boa intenção”, aconselhou Danni. “Tem que ser valente, paciente a cada minuto. Porque ser paciente não é ser conivente”, comentou a roqueira caipira, para completar: “Não interessa se o público escolher você ou a mim. O que interessa é estar em paz.”


http://diversao.terra.com.br/afazenda/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s