Resumo da semana da novela Dona Beija de 08 a 13/06/2009

Publicado: 9 de junho de 2009 em Dona Beija, Novela, SBT
Segunda-feira, 8 de junho de 2009
Inconformado, Antonio espanca Aninha

Chega o dia do casamento de Joaquim Botelho e Teresa Tomásia. Maria tenta, em vão, convencer o irmão a não ir ao casamento da filha.

As senhoras mais respeitadas do arraial, e que no passado tanto criticaram Beija, agora comparecem à festa da cortesã, que não perde a chance de provocá-las.

Apesar do pedido de Beija, o casal Mendonça decide ir à festa e são destratados por Antônio, criando uma situação constrangedora para Beija ao expulsá-los do palacete. Revoltada com a atitude de Antônio, Beija coloca um ponto final no relacionamento dos dois.

Inconformado com a separação, Antônio volta para a fazenda e agride Aninha espancando-a diante de toda a família. Cecília numa atitude desesperada, expulsa o filho de casa.

No dia seguinte, Beija visita os Mendonça para se desculpar pelo que aconteceu e conta que acabou seu relacionamento com Antônio. João duvida que seja para sempre como ela afirma.

Antônio, por sua vez, diz a Valdo que está envergonhado por ter agredido Aninha e confessa que não pode viver sem Beija. O delegado Belegard recebe a notícia que o bandido mais frio e sanguinário das Minas Gerais está à caminho de Araxá.
#
Terça-Feira
Beija e os Mendonça jantam com o pretendente de Joana

Beija e os Mendonça jantam com o pretendente de Joana, que demonstra estar feliz com a escolha da mãe. Teresa Tomásia, ao contrário, não aceita seu casamento com Joaquim e ainda enfrenta o autoritarismo de Idalina.

Belegard comunica ao Juiz, Costa Pinto, que o bandido “quarentinha” tem causado muitas mortes na região e tudo indica que está se aproximando do arraial.

Pressionado por Augusta e sem condições de honrar suas dívidas, Gaudêncio se vê obrigado a vender a chácara e voltar a viver ao lado da sogra. O coronel Botelho convida João Mendonça para ser o candidato do partido liberal nas próximas eleições legislativas.

A notícia da chegada do bandido quarentinha assusta todo o arraial e os fazendeiros que compõe a força nacional saem para procurar o bandido e tentar impedir que ele chegue ao arraial e provoque uma tragédia.

Maria conversa com Antônio e ouve do irmão que ele pretende continuar lutando pelo amor de Beija.
Teresa Tomásia recusa os carinhos do marido. Olívia vai tomar banho na fonte de Beija e é a primeira vítima de quarentinha.
#
Quarta-Feira
Antônio ignora o perigo de sair à noite pelo povoado

Olívia é encontrada morta na fonte da jumenta. O crime assusta todos os moradores do arraial e os homens da força nacional saem à caça do bandido para capturá-lo antes que ele faça mais uma vítima.

Porém, durante a caçada “quarentinha” surpreende José Mendonça, acaba friamente com a vida do promotor e vai embora sem deixar vestígio.

A notícia da morte choca Josefa e o filho, que não se conformam com o fim trágico do pai. Antônio diz a Valdo que decidiu abandonar Aninha e assumir definitivamente seu relacionamento com Beija.

Dr. Hans, o físico amigo de Fortunato, está à caminho do arraial quando é surpreendido por “Quarentinha” mas, por sorte, ele tem apenas a comida roubada. Beija dá todo seu apoio a João que continua inconformado com a morte do pai.

Antônio ignora o perigo que significa sair à noite pelas ruas do povoado, e vai atrás de Beija para tentar se reconciliar com ela. Mas, ao chegar no palacete sofre uma grande decepção ao vê-la ao lado de João Mendonça.
#
Quinta-Feira
Antônio vai ao encontro com Beija acreditando que ela deixará de ser cortesã

Beija se recusa a ouvir Antônio e diz que no dia seguinte o receberá na chácara do jatobá. Quando Antônio vai embora, Beija garante para João que ele está definitivamente fora de sua vida. Dr. Hans conhece Beija e lhe dá um presente inusitado.

Com a morte do pai, João Mendonça assume a promotoria de Araxá. O delegado Belegard avisa que o perigoso bandido já deixou o Arraial e não há mais motivo para preocupação.

Pedro Paulo, contrariando as ordens expressas da avó, vai ao encontro do pai. Ele questiona Antônio sobre a agressão à sua mãe e, ao perceber que ele pretende voltar para Beija vai embora deixando claro que nunca mais voltará a falar com ele.

Antônio vai ao encontro com Beija acreditando que ela deixará de ser cortesã para viver uma vida normal a seu lado. Mas, ao chegar lá encontra a chácara fechada e é violentamente atacado pelo cão de guarda.
#
Sexta-Feira
Antônio se recupera bem dos ferimentos

Beija marca encontro com Antônio na chácara e deixa um cão feroz em seu lugar. Antônio é pego de surpresa e violentamente atacado pelo animal.

Apesar de muito ferido, ele consegue abater o cão e é socorrido por um dos escravos de Beija, que afirma que sua patroa está no arraial. Antônio vai até a botica e Fortunato cuida de seus ferimentos.

Depois o boticário e o padre criticam Beija por sua atitude e pelo requinte de crueldade que usou para se vingar de Antônio. O ferimento no braço de Antônio infecciona e agora ele precisa de cuidados especiais.

Valdo e Fortunato decidem levá-lo de volta à fazenda. Cecília se recusa a receber o filho, mas Aninha de dispõe a cuidar do marido. Dr. Hans começa a analisar os poderes medicinais das águas do barreiro.

Os dias passam e Antônio se recupera bem dos ferimentos que sofreu, porém a dor maior está em sua alma deixando-o cada vez mais distante das pessoas que o rodeiam e mergulhado em seus pensamentos.

Coronel Botelho pressiona o delegado Belegard a apoiar seu partido nas próximas eleições. Aninha, apesar de todas as humilhações que sofreu, trata o marido com carinho. Antônio confessa a ela que todo seu desejo por Beija se transformou em ódio.
#
Sábado
Maria volta para o convento

Coronel Botelho é o político mais poderoso da região do Araxá e usa sua influência para pressionar os homens mais ricos do arraial a apoiarem a candidatura do liberal Regente Feijó.

Belegard recebe a incumbência de convencer a todos e garantir que a vitória seja por unanimidade. Antônio pede perdão a Aninha e volta a se interessar pelos negócios da fazenda.

Os filhos de João Botelho voltam para casa e se transformam em mais um desafio para Teresa Tomásia que também é proibida de visitar a mãe e a irmã.

Beija recebe seus convidados na chácara e conhece um homem que lhe promete uma pedra muito valiosa. Antônio, movido pelo sentimento de vingança, incumbe Tião, seu capataz, de encontrar dois jagunços para realizar um serviço sem deixar rastro.

Depois ele tenta se reconciliar com a mãe e promete a ela que vai se vingar de Beija. Joaquim Botelho procura Beija e se queixa de Teresa Tomásia. Ela sugere que tenham logo um filho.

No dia seguinte, acompanhada de Joana, Beija visita Teresa e conta que rompeu definitivamente com Antônio. Maria volta para o convento com a esperança de que sua família volte a ser feliz. Candinha provoca as escravas de Beija, compra uma briga com Severina e Flaviana e elas se pegam no meio do arraial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s