Timemania é lançada oficialmente no Palácio do Planalto

Publicado: 18 de fevereiro de 2008 em Brasil, Loteria

Clubes terão direito a 22% da arrecadação com a Timemania
Brasília – Criada para ajudar os clubes de futebol a quitar dívidas com a União, a Timemania, que já está à venda nas casas lotéricas, foi oficializada hoje (18) em solenidade no Palácio do Planalto, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Presidentes dos times – os 98 que aderiram terão direito a 22% da arrecadação – participaram do lançamento.
Clubes terão direito a 22% da arrecadação com a Timemania

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversa com Túlio, jogador do Botafogo Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr


Foto: AFP
Foto: AFP

Para apostar, o brasileiro deverá marcar dez dos 80 números do volante. Ganha quem acerta três, quatro, cinco, seis ou sete números. O apostador que acertar seis ou cinco números receberá prêmio conforme a arrecadação. Quem acertar quatro receberá R$ 6 e três números, o prêmio de R$ 2.

Além dos números, o apostador escolherá também o Time do Coração entre 80 clubes. A cada concurso, será sorteado um time. Quem acertar ganhará o valor da aposta de volta, o equivalente a R$ 2. Os clubes que receberem muitas indicações como Time do Coração receberão uma fatia maior da arrecadação.

O primeiro sorteio da Timemania está marcado para o dia 1º de março, em São Paulo, e será televisionado.
A imagem “https://i2.wp.com/maquinadoesporte.uol.com.br/new/fotos/pele-timemania-not.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, garantiu que o dinheiro será usado para quitar as dívidas dos clubes com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), Receita Federal e Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. Somente depois de estarem em dia com o governo, os clubes poderão usar o dinheiro para outros fins.

“A Timemania resolve o passado e expressa o compromisso dos clubes de manter a casa arrumada, a regularidade fiscal, sob pena de perder as vantagens oferecidas por esse programa”, disse o ministro, no Palácio do Planalto.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, responsável pela loteria, os clubes terão que apresentar anualmente certidões de que estão em dia com o governo. Os inadimplentes perderão o direito de receber repasses da loteria. Os times podem parcelar os débitos em até 20 anos.

Só no primeiro ano, a Caixa prevê uma arrecadação de R$ 520 milhões com a Timemania. Deste total, R$ 114 milhões deverão ir para os cofres dos clubes.

O dinheiro da Timemania será distribuído também para o Fundo Penitenciário Nacional (3%), Fundo Nacional de Saúde (3%), Comitês Olímpicos e Paraolímpicos (2%), Seguridade Social (1%) e Ministério do Esporte (3%). O restante vai para as premiações (46%) e custeio (20%).

Fonte: Carolina Pimentel Agência Brasil
A imagem “https://i0.wp.com/midiacon.com.br/img/logo.gif” contém erros e não pode ser exibida.
A imagem “https://i1.wp.com/www.campogrande.news.com.br/stored/materia/38511203338060.jpg” contém erros e não pode ser exibida.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s